Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Carros> Como João Paulo Mauren Eliminou 20 Pontos da Habilitação CNH

Como João Paulo Mauren Eliminou 20 Pontos da Habilitação CNH

Receber uma multa de trânsito sem que ela seja de fato válida é mais comum do que você imagina. Acontece que as pessoas recorrem dessas multas e 70% delas acabam tendo que pagar mesmo assim, pois recorrem de um jeito errado, esquecem de por informações relevantes ou com embasamento legal.

Além disso, tem aquela parcela da população que acaba pagando a multa para evitar o processo de recorrer. Mas recorrer de uma multa não é errado, pelo contrário, você pode e deve recorrer de uma multa para que processo seja justo e você só pague por multas que de verdade foram provocadas por você.

Como João Paulo Mauren Eliminou 20 Pontos da Habilitação CNH
Como João Paulo Mauren Eliminou 20 Pontos da Habilitação CNH

Veja a seguir o depoimento de quem conseguiu eliminar 20 pontos da carteira usando algumas dicas simples:

Depoimento de João, que eliminou 20 pontos da carteira de habilitação

Meu nome é João Paulo Mauren, 53 anos, e eu assim como você fui vítima de multas indevidas. Às vezes a gente nem se lembra aonde foi multado e quando recebe a notificação vai lá e paga para acabar com o assunto. Fiz isso inúmeras vezes e agora resolvi investigar melhor e percebi que estava havendo algum erro.

A primeira multa que levei foi por não usar cinto de segurança que corresponde a uma multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. Achei muito estranho porque cinto é algo que eu sempre coloco, então porque dessa vez eu não coloquei?

Ai resolvi fazer uma investigação particular, revivi o que fiz naquele dia e no momento que cheguei na rua em que a multa foi aplicada logo entendi o que aconteceu: estava parado e fui multado. Na rua tem uma parte próxima ao semáforo aonde é uma vaga que posso ficar parado.

Com o carro parado, mas com as luzes de segurança acesas eu fiquei nele esperando minha mãe sair da loja em frente. Não desci porque minha mãe estava vindo já, ai optei por ficar dentro do carro só esperando e tirei o cinto.

João Paulo Mauren
João Paulo Mauren, 53 anod.

Com o carro parado não preciso usar cinto de segurança. Recorri então, mas recorri do jeito correto, com embasamento no Código Brasileiro de Trânsito.

Eu só consegui isso usando as dicas do André Henrique, que estudou o assunto e percebeu que as pessoas recorriam de multas de um jeito errado, sem preencher corretamente o formulário ou sem colocar as informações necessárias.

Passou mais alguns meses e de novo recebi multas. Multas em cidades bem longe da que moro e que nunca fui. Achei muito estranho isso e fui atrás novamente. Agora, mais instruído, percebi que meu carro estava sendo ligado a multas que na verdade era de outro carro.

Isso acontece porque bandidos clonam placas de carros, colocam em veículos parecidos e ficam andando por aí, sem despertar suspeitar até que levam uma multa e são pegos. Avalie a situação e mais uma vez assisti o curso do André para refrescar a memória e entender qual tipo de recurso era mais aconselhado pro meu caso.

Recorri com o formulário padrão que ele recomendou, coloquei os artigos do Código de Trânsito refrente a esse caso e consegui rever essas multas. Liquidei os mais de 18 pontos que essas multas me creditavam e conseguir mudar essa situação com facilidade.

Se você como eu está em uma posição que a multa é indevida, clique aqui e veja como fazer esse cursos diferenciado que vai ter ajudar a recorrer das multas com 100% de chances de ter os pontos anulados.

Recomendado para você
Carros

Leiloes de Carros Apreendidos Pelo Banco: Saiba como Comprar o Seu

Carros

Carros na Serra, www.carrosnaserra.com.br

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *