Como fazer que seu filho se comporte no supermercado

As crianças sabem que irritam os seus pais quando gritam e se esperneiam. Por isso, usam essa tática quando querem algo, principalmente em locais…

Por Editorial MDT em 17/12/2011

Se você souber impor limites ao seu filho, poderá fazer compras com ele tranquilamente. (Foto: Divulgação)

As crianças sabem que irritam os seus pais quando gritam e se esperneiam. Por isso, usam essa tática quando querem algo, principalmente em locais públicos. Enquanto isso, os pais envergonhados acabam cedendo ao que o filho quer. No entanto, esse não é o método correto de se educar uma criança. Para tanto, saiba como fazer que seu filho se comporte no supermercado.

O mais importante deve acontecer antes da ida ao supermercado, ou seja, no dia a dia. A criança  tem de aprender a ouvir um “não” , portanto, você tem de ser muito firme nas suas decisões. Logo, explique-lhe que você não pode comprar tudo o que ele quer, a não ser que seja uma data especial como aniversário ou Natal. Sendo assim, quando ele começar a chorar e a gritar em casa, não lhe dê ouvidos. Deixe que ele fique assim até a raiva passar. Dessa forma, ele aprenderá que chorar e espernear não fará ter o desejo atendido, pelo contrário, terá apenas a sua indiferença.

Mantenha a criança sempre no carrinho para que ela não saia por entre as prateleiras pegando tudo o que encontrar ou bagunçando o supermercado.

Mantenha as crianças sempre à vista para que ela não "apronte" no supermercado. (Foto: Divulgação)

 

Antes de ir ao supermercado, faça uma lista de compras e leia-a para o seu filho, dizendo que só poderá comprar o que estiver nela. Assim, ele saberá o que poderá ser comprado ou não. E no caminho do supermercado, tenha uma conversa séria com ele, dizendo que não vai comprar nada além do que você precisa.

Entretanto, se mesmo assim ele cismar em pedir algo e começar a berrar, espernear e chorar no meio do supermercado, leve-o imediatamente ao carro e seja muito firme com ele, olhando em seus olhos e dizendo que, se ele continuar com esse comportamento, nunca mais o levará para fazer compras.

Porém, é difícil uma criança ver tantas coisas coloridas, bonitas e saborosas no supermercado e não querer nada. Por isso, seja razoável e inclua na lista alguma dessas maravilhas para ele ou diga-lhe que, se ele se comportar, você deixará ele escolher algo que goste, mas apenas no final das compras.

Quando as crianças sabem os seus limites, comportam-se bem em qualquer lugar. (Foto: Divulgação)

Seguindo essas dicas, o seu filho certamente se comportará melhor no supermercado e em qualquer outro lugar que tenha o que ele gosta. Para tanto, seja firme, paciente e muito convincente na hora de educá-lo.

Top