Como Evitar Irritação na Barba

Uma das coisas que mais irritam as pessoas são os resultados insatisfatórios de um barbear. E este texto reafirma o uso da palavra “pessoas”,…

Uma das coisas que mais irritam as pessoas são os resultados insatisfatórios de um barbear. E este texto reafirma o uso da palavra “pessoas”, pois não só os homens que sofrem deste mal. As mulheres também. Indiretamente, claro. Uma barba mal feita, ou maus cuidados com a pele nesta mesma região, podem gerar pelos encravados, irritação, pele desidratada e outras conseqüências. Ou seja, além de ser uma questão de higiene e bons cuidados, ela pode influenciar muito na aparência do homem.

E nos dias de hoje ainda temos uma diferenciação muito grande entre os tipos de homens que se cuidam. De uma ponta à outra, existem aqueles que não se preocupam em nada com a aparência ou higienização e os metrossexuais. Neste intervalo, aqueles que procuram os melhores meios para se beneficiarem da praticidade (item obrigatório masculino), juntando o que deve ser feito aos cuidados com sua saúde e visual. Independente de qual homem você seja (ou de qual homem seja aquele que a barba vem a te incomodar), algumas dicas para o cuidado com a pele podem ajudar a manter não somente uma aparência melhor, como uma pele saudável. Então vamos a elas.

A primeira delas está na tentativa de realizar um barbear que não irrite a pele. Não há uma garantia para que as irritações, por exemplo, deixem de existir, entretanto, há como fazer o possível para diminuí-las. Uma das primeiras coisas e garantir que a pele esteja limpa e preparada para receber as lâminas que cortarão os fios. Para isso, uma esfoliação pode ajudar. Antes de barbear, lave a área com água morna e sabão para amaciar os pelos, dilatar os poros e retirar as principais impurezas, onde estão as bactérias responsáveis por irritações e infecções.

Continuar Lendo  Bimatoprost para alongar os cílios

Uma boa prática também é escolher um creme de barbear que garanta a limpeza e maciez da pele antes do corte dos fios. Os cremes evitam que a lâmina entre em contato diretamente com a pele, garantindo uma lubrificação nos pelos. E, procure nunca realizar o barbear a seco. Esta prática agride a pele e favorece a irritação e inflamação na área.

Mas para fazer a barba também é necessário escolher o material mais adequado. Barbeadores convencionais, de lâminas duplas ou tripas, são os comumente utilizados, mas há também a opção das máquinas de barbear e das antigas lâminas de barbeiro. Independente de qual seja utilizada, o equipamento de ser mantido sempre em lugar seco, deve ser higienizado toda vez que, antes e depois de ser utilizado. Para aqueles que possuem pele acnéica, a máquina de barbear é a melhor indicação, por ser a que menos se aproxima da pele.

No momento de realizar o barbear, mesmo que não haja uma fórmula de sucesso para evitar as irritações, alguns cuidados também devem ser tomados, ainda que cada barba tenha suas características como tipo de pele, espessura e direção do pelo. A primeira dica é sempre realizar o barbear na direção dos pelos, visto que a fazer isto na direção contrária pode cortar o pelo muito rente à pele, aumentando as chances de encravar o pêlo, irritar a pele ou a anomalia pseudofoliculite da barba, que consiste na inflamação ocorrida quando o pelo penetra novamente a pele.

Mude as lâminas frequentemente e evite cremes de pós-barba à base de álcool, pois podem deixar a pele muito seca.

Top