Como evitar brigas entre gatos

Muitas pessoas, pensando em adquirirem uma nova companhia para o seu gatinho, optam por juntar mais um à família. Imaginando a grande alegria que…

Muitas pessoas, pensando em adquirirem uma nova companhia para o seu gatinho, optam por juntar mais um à família. Imaginando a grande alegria que isso acarretará a todos os membros, podemos perceber que o resultado nem sempre é tão satisfatório quanto desejamos – ao invés de serem companheiros os gatinhos não suportam nem sequer se cruzarem no mesmo ambiente.

Saiba como reverter a situação de brigas entre gatos

Para entendermos essa relação e por fim solucionarmos o problema, é extremamente importante conhecermos mais sobre o comportamento deste animal a fim de tomar as devidas providências necessárias. Veja como evitar brigas entre gatos.

Conheça as causas

Os gatos são animais vulneráveis e possuem relacionamentos dinâmicos: em um dia podem ser melhores amigos e no outro, inimigos mortais ou vice-versa. Muitas vezes podem se envolverem em fatais disputas que levam a sérios e graves ferimentos – isto é comum entre felinos. As  razões são diversas, porém, na maioria das vezes o alimento e o território são as reais raízes do grande problema. O dono terá que conhecer muito bem os seus bichanos a fim de solucionar a situação quando ocorrem as brigas.

Quando o assunto é alimentação ou território os gatos atacam os seus companheiros

Ao introdução de outro gato no ambiente

O gato já passa a não tolerar seus amigos quando um deles o assusta de antemão, dando especificamente algumas patadas e arranhadas. Isso ocorre porque seu oponente presume-se dono do território e o outro, sentindo-se temeroso, também procura defender os seus direitos. O primeiro passo antes de inserir um novo bichano é seguir algumas técnicas de adaptação.

Adapte o bichano à uma nova companhia

Durante o processo de aproximação, é importante fazer com que o gato dominante saiba que não possui o poder de eliminar o seu rival de seu território. Portanto, insira o novo gatinho em uma gaiola grande, visto que ele não terá para onde correr e também ficará protegido do gato agressor.

Continuar Lendo  Panorama Geral da Semana de Moda em NY

Supervisione as tentativas constantes de aproximação e caso seu bichano tente atacar o novo gatinho, tenha em mãos um spray com água, para borrifar em direção ao animal a fim de mostrá-lo que este comportamento é equivocado.

Como evitar as brigas entre gatos

Muitos gatos também brigam por motivos insólitos: a ida ao veterinário de seu companheiro pode ser fatal, posto que ele volta com um cheiro diferente e com condições emocionais alteradas – estresse, medo, raiva, etc. Todas estas mudanças fazem rapidamente seus amigos rejeitá-lo e na maioria das vezes atacá-lo.

Mesmo após ter adaptado seus bichanos, é importante reservar a ele um esconderijo secreto especial, um local onde ele terá segurança para se abrigar. Supervisione todas as vezes que uma nova situação ocorrer e o cheiro de um dos animais mudar por consequência. O spray com água deve sempre estar ao alcance de suas mãos caso uma briga entre os gatos seja iniciada. Lembre-se que em poucos dias tudo voltará ao normal, portanto jamais se desespere.

Despenda apenas um pouco de seu tempo e o resultado será satisfatório

Deixe sempre comida e água em quantidades suficientes para ambos, a fim de que não briguem também por este motivo. Seguindo estas dicas é certo que você e seus gatos terão uma convivência de paz e muita diversão.

Jamais perca a paciência com seu bichinho e respeite sempre as limitações de cada espécie.

Top