Como estimular a ovulação

Uma das principais causas de infertilidade na mulher, é a ausência de ovulação. Assim, sem a existência do óvulo, é impossível que aconteça a…

Uma das principais causas de infertilidade na mulher, é a ausência de ovulação. Assim, sem a existência do óvulo, é impossível que aconteça a gravidez. São diversos os problemas de ovulação que podem ser encontrados nas mulheres, sendo que a maioria deles se caracteriza pela irregularidade do ciclo menstrual. Felizmente, atualmente, existem diversos meios de induzir a liberação do óvulo (ovulação), através do uso de fármacos destinados a essa função. Conheça abaixo algumas informações sobre como estimular a ovulação.

Saiba como aumentar as chances de engravidar.

Muitos casais tem o sonho de serem pais. (Foto: divulgação)

Saiba mais sobre a indução da ovulação

A estimulação da ovulação é um elemento de vários tratamentos para infertilidade. Os medicamentos que possuem a condição de induzir a ovulação podem ser utilizados isoladamente ou em combinação com outros tratamentos de estimulação de fertilidade (estimulação ovárica). Independente do tipo de tratamento, ele visa a estimulação da maturação de um número maior de folículos, o que colabora com o aumento do número de óvulos liberados durante a ovulação da mulher.

Conheça um pouco mais sobre a indução da ovulação

Como foi anteriormente mencionado, a indução da ovulação visa facilitar a liberação do óvulo, através da administração de fármacos especializados com essa função. Eles podem ser administrados sob a forma de comprimidos ou injeções. A forma de administração dependerá da causa do problema apresentado pela mulher.

Saiba quais são os medicamentos que podem auxiliar na estimulação da ovulação. (Foto: divulgação)

A orientação de um especialista é essencial

A abordagem mais adequada em relação ao tratamento, partirá após uma avaliação específica e detalhada, do profissional especializado. Na maioria dos casos, a escolha inicial do tratamento é pelo uso de comprimidos de citrato de clomifeno. Após a introdução do medicamento, a mulher e acompanhada clinicamente, quanto a sua capacidade ovulatória. Caso o médico observe que o medicamento não surtiu efeito, ele poderá aumentar a dose, ou mesmo, partir para outros meios de estimulação ovariana.

Continuar Lendo  Sapatilhas confortáveis para o verão

Outras indicações do citrato de clomifeno

O citrato de clomifeno é um exemplo de medicamento que pode ser usado para estimular a ovulação. No entanto, ele também é utilizado para outros tratamentos, incluindo mulheres com ovários policísticos. Vale ressaltar que ele pode ser administrado individualmente, ou combinado a outros fármacos. No entanto, caso essa associação não traga resultados positivos, a intervenção cirúrgica é uma opção.

Conheça um pouco sobre a injeção de gonadotrofina

Outro tratamento utilizado para a indução da ovulação, é a utilização de injeção de fármacos que contem gonadotrofinas. Da mesma forma que os comprimidos, esse medicamento também tem função de estimular os folículos, o que facilita a fecundação.

A dose que será utilizada pela mulher, dependerá de cada caso, sendo extremamente importante a orientação de um especialista. É importante mencionar que a idade da mulher e sua “reserva ovárica” desempenha um papel importante nas probabilidades de sucesso dos tratamentos, sendo que, em geral, as mulheres mais velhas acabam recebendo uma dosagem maior de medicamento.

É muito importante o casal buscar a orientação de um especialista, para escolher qual o melhor tratamento para estimular a ovulação. (Foto: divulgação)

O processo de estimulação da ovulação não é simples, devendo ser sempre acompanhado por um especialista. Após conhecer um pouco mais sobre os tipos de tratamento, é ideal buscar a  orientação do seu médico para inicia-lo.

Saiba mais sobre a ovulação irregular.

Top