Como escolher prótese dentária

Como escolher prótese dentária

Não é preciso ter vergonha de sorrir devido a perda de dentes, pois esse problema pode ser facilmente solucionado com a utilização de próteses…

Por Editorial MDT em 03/07/2013

Não é preciso ter vergonha de sorrir devido a perda de dentes, pois esse problema pode ser facilmente solucionado com a utilização de próteses dentárias. É possível encontrar uma grande variedade de produtos, com os mais diversos preços. Cada um é indicado para determinada situação, e para obter bons resultados, é importantíssimo saber escolher a prótese correta. Saiba mais e confira dicas de como escolher a prótese dentária.

As próteses dentárias devolvem o prazer de sorrir sem ter vergonha. (Foto: divulgação)

Tipos de próteses dentárias

As próteses dentárias consistem na colocação de dentes que estão em falta, através de métodos artificiais. O exemplo mais clássico é a dentadura, também chamada de placa dentária. Entretanto, é possível contar com uma grande variedade de restaurações protéticas, dentre as quais as principais são:

  • Coroa dentária

Esse produto é uma prótese dentária fixa, em que é aproveitado o restante da estrutura de um dente danificado, que é revestido por uma coroa de cerâmica ou metalo-cerâmica.

  • Ponte dentária

Outra modalidade de prótese dentária fixa, esse modelo é indicado nas situações em que faltam vários dentes na arcada dentária. Os dentes naturais são utilizados como apoio para a fixação de dentes postiços, presos através de uma estrutura interna, feita de metal e recoberta por cerâmica.

  • Prótese móvel em acrílico

A vantagem das próteses de acrílico, que são conhecidas popularmente como dentaduras, é que podem ser facilmente removidas da cavidade oral e podem conter todos os dentes ou apenas alguns. Os principais problemas em usar dentadura são seu rápido desgaste, que pode comprometer a estética, e a sua capacidade de reduzir o osso onde estavam fixados os dentes naturais.

O resultado pode ser um “afundamento” da boca, comprometendo a função da prótese com o passar do tempo. Por isso deve ser periodicamente substituída, em intervalos regulares.

As coroas de cerâmica são usadas quando é possível aproveitar a estrutura restante do dente. (Foto: divulgação)

  • Prótese móvel em metal e acrílico

Também conhecida como prótese esquelética, esse tipo de produto é apoiado nos dentes restantes através de grampos metálicos. O resultado é um impacto negativo menor sobre o osso em que estavam os dentes naturais, prevenindo o afundamento da base óssea.

  • Próteses dentárias fixas a implantes

O implante dentário funciona como a raiz de um dente natural, em que é adaptado um poste ou pino onde será aparafusado ou cimentado um dente postiço. Esse dente servirá de apoio para uma coroa dentária ou ponte dentária, oferecendo excelente qualidade e ótima relação custo-benefício.

Prótese dentária indicada para cada pessoa

O tipo de prótese recomendada para cada pessoa depende de vários fatores que devem ser considerados, como o número de dentes a ser colocado, a existência ou ausência de apoios para as próteses, presença de estruturas ósseas evidentes e, principalmente, o preço que cada indivíduo pode pagar.

A prótese dentária de acrílico é uma das mais populares. (Foto: divulgação)

As próteses dentárias são excelentes soluções para a perda de dentes. É possível encontrar uma grande variedade de modelos disponíveis, que devem ser escolhidos de acordo com a análise de vários fatores. A melhor dica para acertar na escolha da prótese é consultar um dentista e esclarecer todas as dúvidas sobre o assunto.

Top