Como escolher um guarda-roupa – dicas

O guarda-roupa se apresenta como a solução perfeita para decorar o quarto de solteiro ou casal. O móvel é o grande responsável por manter…

Por Isabella Moretti em 16/01/2012

O guarda-roupa deve oferecer espaço suficiente para guardar roupas, calçados e acessórios.

O guarda-roupa se apresenta como a solução perfeita para decorar o quarto de solteiro ou casal. O móvel é o grande responsável por manter o ambiente organizado, oferecendo espaço o suficiente para guardar as peças de vestuário e acessórios. No entanto, as pessoas costumam ficar em dúvida na hora de escolher o modelo ideal de guarda-roupa.

O dormitório é uma área de intimidade, por isso é interessante que a decoração funcione como um indicador de personalidade. Desta forma, na hora de escolher um modelo de guarda-roupa, o indivíduo precisa avaliar suas necessidades e considerar os demais elementos do cômodo para fazer as melhores combinações.

 Escolhendo o guarda-roupa ideal

Escolha o guarda-roupa de acordo com o tamanho do quarto.

Organizar vários trajes e sapatos no guarda-roupa é uma tarefa complicada, por isso o tamanho do móvel aparece como critério fundamental na hora da compra. Na falta de um closet ou armário embutido na decoração do quarto, vale usar da melhor forma possível o roupeiro escolhido.

Antes de adquirir um guarda-roupa, verifique se o móvel apresenta qualidade quanto à estrutura em madeira. Além de levar em conta a resistência, também é recomendado escolher um modelo que tenha várias repartições e gavetas, assim fica mais fácil fazer um armazenamento organizado.

Não basta apenas ter um guarda-roupa grande, o item mobiliário também precisa ser compatível com o tamanho do espaço. Por exemplo, não dá para inserir um móvel grande em um dormitório com dimensões limitadas, isso prejudica a circulação de pessoas e impede que outros elementos componham a decoração.

Encontrada a proporção entre guarda-roupa e quarto, é necessário otimizar a harmonia do móvel com as demais peças do cômodo. A questão do design deve ser respeitada para que não haja um desequilíbrio visual no ambiente, ou seja, móveis com cores e formas desconexas.

A cor do guarda-roupa deve seguir a linha dos demais móveis que decoram o quarto. Quanto ao material, ele precisa assegurar resistência e durabilidade. A madeira se destaca como o recurso mais usado na fabricação de roupeiros, necessitando de cuidados periódicos para não ser corroída por cupins ou danificada pelo tempo.

Modelos de guarda-roupa

Há modelos de armário para todos os gostos.

A escolha do modelo ideal depende muito do tipo de roupa mais usada. Por exemplo, uma pessoa que tem o costume de adotar trajes sociais necessita de um armário espaçoso na parte do cabideiro.  No caso de roupas casuais, o mais indicado é apostar nos roupeiros com várias gavetas.

Na hora de escolher um armário, prefira um modelo que seja incapaz de deixar as roupas amontoadas ou dificultar o encontro das peças. Uma boa opção que tem feito sucesso nos últimos anos é o guarda-roupa com módulos separados, que permite aumentar o móvel quando for necessário.

Aproveite as dicas para escolher o guarda-roupa ideal para o quarto.

Top