Como escolher a melhor escola para seu filho

Entre todas as decisões que os pais precisam tomar em relação a seus filhos, certamente escolher a melhor escola é uma das mais complexas.…

Entre todas as decisões que os pais precisam tomar em relação a seus filhos, certamente escolher a melhor escola é uma das mais complexas. As escolas cada vez mais estão participando da construção dos valores morais das crianças, além de todos os aspectos pedagógicos. É como escolher um segundo lar para seu filho, já que grande parte do tempo ele irá ficar sob os cuidados de pessoas estranhas e conviver com outras crianças também desconhecidas, irá formar uma segunda família.

É muito importante inserir os pequenos no convívio social através da escola desde pequeninho, freqüentar uma pré-escola estimula as crianças a desenvolverem nas suas dimensões motora, sensorial, emocional, cognitiva e socioafetiva. Mas como escolher a melhore escola para seu filho? Veja 10 pontos importantes antes de matricular seu filho em uma escola:

1 – Prefira um colégio perto de casa: Hoje a oferta de escolas e pré-escolas é satisfatória, é pouco provável que você não vá conseguir encontrar uma boa escola perto de sua casa. Para as crianças passar muito tempo dentro de um carro todos os dias para ir e voltar da escola é uma grande perda de tempo, pois poderiam estar brincando, dormindo ou aprendendo outras coisas.

2 – Preço: Não adianta se enganar pensando que o valor da mensalidade é igualmente proporcional a qualidade do ensino. Muitas vezes você pode cometer o erro de matricular seu filho em uma escola muito mais cara que seu bolso pode pagar e ele vai acabar não se adaptando a rotina dos colegas, ou ainda diante de alguma crise financeira você precise tirar ele da escola, isso pode causar danos psicológicos ao seu filho. Procure uma escola que você possa pagar tranqüilamente, contando as viagens, materiais e uniformes.

Leia Também:  Violência atinge 68% das escolas do Rio de Niterói e São Gonçalo

3 – Descubra qual a linha pedagógica da escola: Vá até a escola, conheça os professores, converse, pergunte, tire dúvidas, conheça a infra-estrutura, a forma de trabalho: se usam tinta e argila, se há lição de casa, se fazem passeios de exploração do meio, se organizam jogos, se trabalham por temas, se usam livros, se incentivam a leitura, como tratam a alfabetização.

4 – Procure referências: Conversar com pessoas próximas que já tenham filhos matriculados em escolas é muito importante. Pois, para conhecer realmente uma escola, só testando… Mas antes de testar você pode ter a opinião de outras pessoas.

5 – Observe o espaço físico da escola: Este espaço precisa ser amplo, seguro e com diversidade de ambientes internos e ao ar livre para permitir a realização de diferentes atividades. Além desses detalhes, os pais também precisam ficar atentos às condições de higiene e de limpeza dos ambientes, principalmente do refeitório. Procure saber se as refeições são preparadas lá mesmo e o que costuma ser servido. Para crianças de até três anos é interessante que a escola ofereça ambientes para descanso. Confira se este espaço é tranquilo, limpo e arejado. Preste atenção também à segurança oferecida.

6 – A escola deve enviar relatórios periódicos aos pais: o relatório é um meio de os pais participarem de todo avanço ou dificuldade vivida pelo filho na escola. Também chamado de parecer descritivo, o relatório precisa avaliar a criança no seu desenvolvimento cognitivo, afetivo, físico e social. “O desenvolvimento integral da criança depende desses quatro aspectos, portanto a escola tem de dar informações sobre todos eles aos pais.

7 – Quantidade de crianças por sala: Para que seu filho seja bem atendido em suas necessidades é importante que o número recomendado de alunos por educador seja respeitado: 0 a 2 anos: máximo de 8 crianças por educador, 3 anos: máximo de 15 crianças por educador e 4 e 5 anos: máximo de 20 crianças por educador.

Leia Também:  Banheiras de Bebês Hércules - Preços

A partir dessas sete dicas essenciais você terá a certeza de estar matriculando seu filho em uma escola adequada para ele.

 

Top