Como Economizar nas Tarifas Bancárias

As empresas bancárias oferecem ótimos serviços e benefícios para seus clientes. Ter onde guardar e manter seu dinheiro é uma boa ideia não é?…

As empresas bancárias oferecem ótimos serviços e benefícios para seus clientes. Ter onde guardar e manter seu dinheiro é uma boa ideia não é? Mas e quando isso começa a ficar caro demais? Para cada ação, há uma reação, ou seja, para cada movimentação com o seu dinheiro no banco, há uma taxa cobrada, onde a empresa lucra e você perde um pouco. Com algumas dicas, é possível reduzir as tarifas, economizando assim nos gastos e tendo um pouco mais de dinheiro no fim do mês. São medidas simples e que podem gerar uma pequena ou grande diferença em seu orçamento. Algumas tarifas são leves, mas outras são bem pesadas. É nessas que você pode sentir diferença. É possível reduzir os gastos com tarifas de banco sem grandes esforços.

Existem profissionais no assunto que dão inúmeras dicas em relação ao assunto. Os educadores financeiros podem te ajudar em diferentes aspectos, vale a pena conferir. O primeiro passo para começar a tentar economizar nas tarifas do banco é fazer um diagnóstico financeiro e identificar os débitos no extrato bancário registrados nos últimos seis meses. Você terá em mãos todas as tarifas. É preciso ter um controle de suas contas, pois assim você saberá o que faz parte de seus gastos e o que são tarifas. Algumas dessas taxas não são tão bem descritas nos extratos, deixando duvidas ao cliente.

Com as taxas e valores em mãos, faça uma comparação com valores cobrados por outras três instituições financeiras. A sua pode estar cobrando muito mais do que outras, sendo a hora de migrar de banco. É preciso pesar benefícios e desvantagens, escolhendo assim o melhor banco para suas necessidades. Se você não quer migrar de empresa, é possível negociar esses valores. Faça um levantamento de dados e converse como responsável do seu banco, como o gerente, por exemplo. Ao conversar, é possível conseguir uma redução nos valores.

Ainda que os valores pareçam pequenos, quase que insignificantes, não deixe de tentar reduzir, pois pesquisas apontam que 26,5% dos gastos das famílias brasileiras decorrem de pequenas despesas, como taxas bancárias e outros. Com tarifas bancárias econômicas você poderá usar o dinheiro em outras aplicações no próprio banco ou para seu uso pessoal, de qualquer forma. É um dinheiro a mais no fim do mês e que se cobrado de maneira correta, pode fazer uma diferença e tanto.

Outro fato que acontece com muitos brasileiros é o ato de não reclamar. Se houver qualquer desconto feito sem autorização no seu extrato bancário, o mesmo deverá ser objeto de estorno, ou seja, o banco tem a obrigação de te devolver. Por isso é importante tem sempre comunicados e gravações de ligações e mãos. Evite ter mais de uma conta corrente, pois controlar uma já requer atenção máxima.

Prefira os serviços bancários eletrônicos ao uso do talão de cheques, dispense o limite do cheque especial e tenha cuidado com os débitos automáticos. Muitos pesquisam sobre como economizar nas tarifas bancarias e como você pode perceber são medidas simples que podem fazer toda a diferença.

 

 

 

 

Top