Como economizar na hora de comprar o material escolar

Mais um ano está no final e as crianças estão de férias, mas em janeiro, começa toda a correria atrás da lista de material…

Pesquise bastante antes de comprar o material escolar do seu filho. (Foto: Divulgação)

Mais um ano está no final e as crianças estão de férias, mas em janeiro, começa toda a correria atrás da lista de material escolar. Como todos estarão a procura desses materiais, as lojas tendem a aumentar os seus preços, porém, mesmo assim, há como economizar na hora de comprar o material escolar do seu filho.

Antes de sair às compras, verifique quais materiais sobraram do ano anterior e risque-os da lista. Assim, a economia já começa em casa.

Um bom modo de economizar é juntar vários pais para fazerem as compras juntos. A maioria das lojas dá bons descontos quando o tamanho da compra é maior. Portanto, ligue para os pais dos amigos do seu filho e, se eles não puderem ir com você, diga que você poderá se ocupar de fazer as compras sozinho.

Com a compra coletiva, os descontos podem ser muito maiores. (Foto: Divulgação)

Pesquise bastante antes de comprar, pois pode haver bastante diferença entre uma loja e outra. Mesmo que muitas delas aumentem os seus preços nessa época, algumas preferem fazer promoções para acabar com a concorrência. Vá às lojas e depósitos e pesquise pela internet e em panfletos para saber qual o lugar mais barato. No final, peça descontos para o dono da loja, que poderá diminuir um pouco o valor da sua compra.

Os materiais escolares de grife, ou seja, aqueles que vêm estampados com os personagens de filmes e desenhos geralmente são mais caros. Porém, nem sempre são melhores que os outros. Sendo assim, diga ao seu filho que não comprará nada de grife, pois você precisa do dinheiro para pagar outras contas. Algumas escolas especificam a marca dos materiais a serem comprados, mas isso é proibido. Portanto, se a escola do seu filho faz isso, diga que você não é obrigado a comprar o que ela quer.

Os materiais escolares de grife podem ser mais bonitos, porém, muito mais caros. (Foto: Divulgação)

Às vezes, comprar de ambulantes pode ser uma boa ideia, já que os produtos são mais baratos. Entretanto, isso pode causar alguns danos a você, pois como eles não emitem notas fiscais, não haverá como recorrer ao Código de Defesa do Consumidor, ficando sem proteção caso haja algum problema com o que você comprar.

Para economizar na hora de comprar o material escolar do seu filho, seja muito paciente para procurar os melhores preços e compre sempre em conjunto para poder pedir maiores descontos. Assim, você terá mais dinheiro disponível para pagar outras despesas.

 

 

 

Top