Como diminuir riscos de AVC

Café e chá verde podem ajudar na diminuição do risco de uma pessoa ser vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Quem consome essa…

Café e chá verde podem ajudar na diminuição do risco de uma pessoa ser vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Quem consome essa bebida regularmente consegue uma proteção maior contra esse problema, que pode ser fatal.  Um estudo feito no Japão apontou, por exemplo, que ingerir uma xícara de café por dia já é suficiente para diminuir em 20% a chance de ter um derrame cerebral. O trabalho completo foi publicado em março de 2013 no periódico Stroke, da Associação Americana do Coração. Confira a seguir outras mudanças de hábitos que diminuem os riscos de se ter um AVC.

Chá verde inibe os riscos de ter um AVC (Foto: Divulgação)

 

Tomate ajuda a inibir o AVC

O tomate esteve envolvido em polêmicas nos últimos tempos por conta do valor elevado. Esse fruto vermelho é rico em antioxidantes, que ajudam a retardar o envelhecimento das células e previnem o AVC. Uma nova pesquisa finlandesa foi a responsável por apontar esse dado. De acordo com o estudo, esse efeito protetor acontece porque o tomate é rico em licopeno, que é uma substância responsável por dar a cor avermelhada ao fruto e que funciona como um agente antioxidante no corpo. Inclua o tomate em todas as refeições, em forma de salada, suco ou molhos.

Fazer caminhada diariamente reduz chances de ter um AVC

Não precisa passar horas correndo, apenas 120 minutos de caminhada no mesmo ritmo já ajuda a ficar longe das estatísticas de acidentes vasculares cerebral. A conclusão é de epidemiologistas da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. Seu estudo foi direcionado as mulheres, mas a regra funciona para homens também. Caminhar diminui a pressão arterial, impacta na baixa do colesterol ruim e das taxas de glicose, além de dificultar a formação de placas de gordura que entopem os vasos do cérebro e ocasionam o AVC. Por isso, comece a caminhar duas horas por dia e veja a diferença.

Uma alimentação saudável inibe os riscos de um AVC (Foto: Divulgação)

Socorro rápido aumenta as chances de sobrevivência em um AVC

Reconhecer os sintomas do acidente vascular cerebral é fundamental para minimizar os impactos na saúde da pessoa que está sendo vítima do mal. Por isso, confira a seguir os sintomas de um AVC:

Leia Também:  Doenças inflamatórias do coração

– Cegueira fugaz ou alterações na visão;
– Formigamento nos membros superiores, inferiores ou no rosto;
– Dor de cabeça intensa e repentina;
– Problemas para falar ou entender o que os outros dizem;
– Paralisias e dificuldades para realizar movimentos, até mesmo os mais simples, como engolir;
– Dificuldades para caminhar ou manter o equilíbrio.

 

Top