Como denunciar violência doméstica

A violência doméstica atinge milhares de lares em todo o Brasil. Apesar do combate a esse tipo de crime ter se intensificado nos últimos…

A violência doméstica atinge milhares de lares em todo o Brasil. Apesar do combate a esse tipo de crime ter se intensificado nos últimos anos, ele continua assombrando a realidade das famílias brasileiras, gerando dor, tristeza e sequelas irreparáveis.

Pesquisas revelam que a violência doméstica atinge milhões de lares brasileiros. (Foto: Divulgação).

Dados divulgados no ano passado pelo Instituto Avon / Ipsos – Percepções sobre a Violência da Mulher – revelaram que no Brasil, cerca de dois milhões de mulheres sofrem violência doméstica a cada ano. Entretanto, de acordo com a mesma pesquisa, apenas 63% delas denunciam a agressão.

Confira: Lei Maria da Penha vale mesmo sem queixa da vítima.

Para os especialistas, o medo de morrer é o principal motivo pelo qual as vítimas deixam de denunciar a violência. Eles ainda concordam que este abuso é reflexo do pensamento machista que afeta parte da sociedade, o qual priva as mulheres de seus direitos e as colocam em posição de inferioridade em relação aos homens.

Tipos de violência doméstica

De acordo com os especialistas, o medo da morte é o principal motivo pelo qual as mulheres não denunciam o crime. (Foto: Divulgação).

Vários tipos de agressões podem caracterizar a violência doméstica. Mas, independentemente da forma como se manifesta, ela traz sérias consequências para saúde física e mental das vítimas.

A violência sexual, por exemplo, é um dos tipos de violência doméstica cometidos no Brasil. Ela se caracteriza por atos ou tentativas de relação sexual sob coação ou força física, o que leva a sexo forçado dentro do casamento ou namoro, exigência do sexo como pagamento de favores, abuso de menores, negação do direito do uso de anticoncepcionais etc.

Leia Também:  Geladeira Brastemp mais Barata, Onde Comprar

Outro tipo de violência doméstica é a violência física, que pode se manifestar de diversas formas, como tapas, empurrões, mordidas, queimaduras, lesões por armas, entre outras agressões. Ainda há a violência psicológica, que ocorre quando a vítima é submetida a insultos constantes, humilhação, isolamento, privação de liberdade e chantagem.

Veja também: Violência psicológica no casamento – como enfrentar.

Como denunciar violência doméstica

A denúncia a violência doméstica pode ser feita por telefone, através dos números 180 e 100. (Foto: Divulgação).

As vítimas de violência doméstica podem denunciar esse tipo de abuso pelo número 180. Criado pela Secretaria de Política para as Mulheres, esse telefone é colocado à disposição das brasileiras para que elas possam denunciar as agressões sofridas bem como receber orientações para resolver este problema.

A denúncia também pode ser feita pelo Disque 100 (Disque Direitos Humanos). A central, que funciona 24 horas por dia, inclusive nos feriados, recebe registros de violência contra mulheres, crianças, adolescentes, portadores de necessidades especiais e grupos considerados vulneráveis.

Não deixe de se manifestar diante desses abusos. Quem se silencia também coopera para a violência.

Top