Como denunciar violência contra crianças

A violência tem afetado o desenvolvimento de muitas crianças. Ela causa marcas físicas, psicológicas e emocionais. Pesquisas já revelaram que os atos de violência…

A violência tem afetado o desenvolvimento de muitas crianças. Ela causa marcas físicas, psicológicas e emocionais. Pesquisas já revelaram que os atos de violência durante a infância podem comprometer o indivíduo no futuro, aumentando o risco de problemas com drogas, álcool e até mesmo com a criminalidade.

Milhares de crianças são violentadas no Brasil. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Denúncias de violência contra menores cresce 71% no país

Violência contra criança no Brasil

No Brasil, muitas crianças e adolescentes acabam se tornando vítimas da violência. De acordo com dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o número de denúncias aumentou 58,3% entre 2011 e 2012.

Numa mesma denúncia, feita pelo Disque 100, várias violações podem ser notificadas ao mesmo tempo. A principal forma de abuso contra a criança é a negligência, seguida por violência física, psicológica e sexual. Ao todo, a secretaria computou 130.029 denúncias em 2012.

No território brasileiro, o abuso sexual se destaca como o 2º maior tipo de violência sofrida por criança, ficando atrás apenas de negligência e abandono. Os casos de estupro normalmente são cometidos por algum familiar ou pessoa próxima da família.

As crianças são vítimas de agressões físicas, psicológicas, emocionais e sexuais. (Foto:Divulgação)

A melhor forma de tratar a violência contra a criança é impedir que ela aconteça, por isso muitos projetos de conscientização estão sendo realizados no Brasil e no mundo. O aumento no número de denúncias por telefone também não é algo ruim, afinal, isto mostra que as pessoas estão tomando coragem de denunciar.

Violência contra criança: como denunciar?

Se um familiar ou conhecido sabe a respeito de uma criança que está sendo violentada, ele deve entrar em contato com o Disque 100. O telefone de contato fica disponível 24 horas por dia, inclusive aos domingos e feriados. A ligação é gratuita e a denúncia pode ser feita de qualquer lugar do Brasil. A central também apura casos de violações contra homossexuais, portadores de deficiência e idosos.

Leia Também:  Como colocar fralda em idoso

Cada denúncia registrada é encaminhada para uma equipe de analistas, formada por um integrante da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. Depois da denúncia ser analisada e classificada, os oficiais tomam as providências necessárias para resolver o caso.

Em caso de violência contra criança, a denúncia pode ser feita pelo Disque 100. (Foto:Divulgação)

A polícia garante que o nome do autor da denúncia será mantido em absoluto sigilo. Ele pode até voltar a fazer contato, três meses depois da primeira ligação, para saber como anda a investigação do caso.

O Disque 100 é voltado para denúncias que envolvem investigação. Se o caso for uma emergência, então a ligação deve ser feita para Polícia (190) ou Corpo de Bombeiro (193) e Polícia Civil (197).

Entrar em contato com o Conselho Tutelar do município também é uma forma de zelar pelo bem estar da criança ou do adolescente.

Veja também: Lei Joanna Maranhão: saiba mais

Top