Como Denunciar Assédio Moral no Trabalho

PUBLICIDADE

Você sabe que o que realmente é considerado como assédio moral no ambiente de trabalho? Considera-se assédio moral no trabalho todas as ações, gestos ou palavras que atinjam, pela repetição, a autoestima e a segurança do ser humano, fazendo-o duvidar de si e de sua competência, provocando danos ao ambiente de trabalho, à evolução da carreira profissional ou à estabilidade do vínculo empregatício. Saiba como denunciar assédio moral no trabalho.

O assédio no trabalho pode ser muito sério (Foto: Divulgação)

Como Denunciar Assédio Moral no Trabalho

Enfim, todas as atitudes que são capazes de ferir a personalidade, a dignidade da pessoa, a integridade física e/ou psíquica do ser humano, colocando em risco o emprego e comprometendo o ambiente de trabalho. Então como você já sabe o que é assedio moral dentro do trabalho, se caso acontecer com você ou então você conheça alguém que esteja passando por esse problema, vai aqui algumas dicas para saber como agir.

humilhando o funcionário
Xingamento no trabalho prejudica o funcionário e o seu desenvolvimento (Foto: Divulgação)

Assédio no trabalho faz muito mal à saúde

Muitas vezes pensamos que o ato de humilhar não traz nenhum malefício para saúde, mas este pensamento está errado, mas a humilhação estabelece um risco invisível, entretanto concreto nas relações de trabalho e a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras, revelando uma das formas mais poderosa de violência sutil nas relações organizacionais, sendo mais frequente com as mulheres e adoecidos.

PUBLICIDADE
homem humilhando outro
Humilhar é uma forma de assédio (Foto: Divulgação)

Humilhação repetitiva e autoritária

Sua reposição se realiza ’invisivelmente’ nas práticas perversas e arrogantes das relações autoritárias na empresa e sociedade. A humilhação repetitiva e prolongada tornou-se prática costumeira no interior das empresas, onde prevalece o menosprezo e indiferença pelo sofrimento dos trabalhadores/as, que mesmo adoecidos/as, continuam trabalhando.

Então segue aqui algumas dicas de como agir na situação de assédio moral:

•Resistir: anotar com detalhes toda as humilhações sofridas (dia, mês, ano, hora, local ou setor, nome do agressor, colegas que testemunharam, conteúdo da conversa e o que mais você achar necessário).
•Dar visibilidade, procurando a ajuda dos colegas, principalmente daqueles que testemunharam o fato ou que já sofreram humilhações do agressor.
•Organizar. O apoio é fundamental dentro e fora da empresa.
•Evitar conversar com o agressor, sem testemunhas. Ir sempre com colega de trabalho ou representante sindical.

pessoa oprimida
Denunciar é a melhor escolha para quem sofre o assédio no trabalho (Foto: Divulgação)

Como Fazer Denúncia

Exigir por escrito, explicações do ato agressor e permanecer com cópia da carta enviada ao D.P. ou R.H e da eventual resposta do agressor. Se possível mandar sua carta registrada, por correio, guardando o recibo.

PUBLICIDADE

•Procurar seu sindicato e relatar o assédio moral no trabalho acontecido para diretores e outras instancias como: médicos ou advogados do sindicato assim como: Ministério Público, Justiça do Trabalho, Comissão de Direitos Humanos e Conselho Regional de Medicina (ver Resolução do Conselho Federal de Medicina n.1488/98 sobre saúde do trabalhador).
•Recorrer ao Centro de Referencia em Saúde dos Trabalhadores e contar a humilhação sofrida ao médico, assistente social ou psicólogo.
•Buscar apoio junto a familiares, amigos e colegas, pois o afeto e a solidariedade são fundamentais para recuperação da autoestima, dignidade, identidade e cidadania. Procure sempre a justiça para tentar encontrar um caminho para este problema e bola pra frente com a sua dignidade e moral preservada.

PUBLICIDADE

Leia também:

17 Comentários

  • BOA NOITE
    SOU TERCERIZADO E A PEGUNTA É.
    A OUVIDORIA PÚBLICA É A SOLUÇÃO PRA FAZER A DENUNCIA QUANDO UM SUPERVISOR FAZ O ASSÉDIO NO RECINTO?

  • boa tarde eu sofro assedio moral diaramente no trabalho. tem um rapaz que ele monitor da loja.ele faz ameça dizendo ser nao fazer oque ele que ele vai bota fora da empresa ainda fica gritando as pessoas e chamas as pessoas de burro .e ainda faz ameça de da suspenção na gente.so que ele nao tem moral para isso. muita pessoas sairam da empresa por não aguenta umilhação na empresa, e dona da empresa não faz nada ..trabalho no empresa bob,s,em natal

  • boa tarde . venho por ec canal para fazer uma denuncia sobre a empresa elemec de campo largo a qual ainda nao fez o pagamento do tecimo terceiro e nem o pagamento docidio. gostaria de saber oque devo fazer

  • Eu sofro assédio moral no trabalho na Prefeitura de São Paulo há muitos anos por ter sido presidente da C.I.P.A. até carro na porta da minha casa me seguindo e acusações falsas improvadas até hoje e tentativas de transferências eu tenho passado. O Ministério Público colocou vídeo do assunto porém pasmem ao entrar no site do MPT-SP está escrito: O ministério Público do Trabalho ão atende casos meramente individuais, chamam de meramente individual casos seríssimos de sofrimento alheio é mole ? Filme e grave o que puder e peça forças á Deus um dia irão te ouvir. Absss

  • fui assediado moralmente no ÂMBITO DO EMPREGO,como denunciar???

  • Gostaria de saber como proceder diante desta situação: estou 9 meses sem registro, tomo conta de toda a parte administrativa da empresa mais o dono é insuportavél todas as vezes que vamos fazer pagamentos o mesmo sempre vem com as mesmas conversas se eu não estou fazendo pagamentos duplicados faz insinuações que agridem a minha moral.
    So agora estou de saida da empresa mais o mesmo não quer quitar o meu tempo de serviço como proceder????

  • Glaucio dentro de 5 dias estaremos com uma nova matéria onde irá esclarecer suas duvidas, fique atento em acompanhar diariamente o Mundo das Tribos ou então para que você possa receber direto em seu e-mail, não somente essa mas outras matérias, assine nosso portal acessando aqui http://www.mundodastribos.com no lado direito no campo Cadastre seu email, é gratuito e você receberá tudo no conforto do seu e-mail. Obrigado.

  • O assédio moral vale também quando se referi a pessoa com cargo de chefia também… por exemplo: um chef de cozinha que humilha um garçon ou maitre, pode ser processado??? Como devo fazer isto???

  • Zuleide o melhor é ter paciência e se for o caso tentar conversar a pessoa em questão.

  • estou há oito meses passando pelos maiores absurdos dentro da minha empresa, pois tentaram me demitir por um inquérito administrativo e até o presente momento, não obtiveram êxito. mas em contra partida, começou uma implicância, durante esse período fui obrigada a ficar em pé, durante vários períodos, durante horas. E agora me tiraram todas as esperanças, sem ter nenhuma tarefa.

  • Bom dia.
    Sou professor municipal e, pelo fato de ter votado contra o que ganhou as eleições, ele me mandou dar aula em um colégio da cidade e em outro do campo (13 Km de distância). Tenho 40 horas e estou preocupado pois tenho que sair de casa às 05:00 da manhã e, assim que chagar, já partir para outro colégio.
    Isso é ASSÉDIO MORAL??? A escola da zona urbana onde trabalho 20 horas, ainda precisa de 06 professores e o Prefeito não nos chama.
    Gostaria de receber uma orientação.
    Obrigado pela atenção.

  • Trabalho em uma instituição publica federal e sofro diariamente esse tipo de coisa. Servidores são pessoas que tem um auto poder de liderança por mais que não gostem de trabalhar jogam tudo em cima de nós terceirizados, nos chamam de incopetentes o tempo todo entre outras coisas. O que fazer..?

  • Flaviana, não somos especialistas no assuntos mas notamos que sua situação é complicada, então o que podemos falar para você agora é tentar arrumar um novo emprego antes de sair desse, e tentar explicar sua posição ao novo empregador, agora se resolver denunciar procure o Ministério do Trabalho e claro um advogado habilitado para isso.

  • Lidiane se você quer realmente fazer isso basta ir no ministério do trabalho. você pode ligar ou mesmo ir até lá, se não resolver procure um advogado para que ele possa lhe dar as devidas instruções. Lembre-se procure sempre um profissional habilitado para isso.

  • Sofri assédio dia 09 de dezembro de 2011, até estou me sentindo muito mal, sinto-me triste, vontade de vomtar, sinto muito sono, perdi a vontade de ir ao trabalho, estou muito pertubada, pois eu estava muito feliz com meu trabalho. To com medo da denuncia, acho Alagoas um lugar de vingança, temo por minha vida. O caso foi grave e não foi a primeira vez que aconteceu comigo, e a coordenadora tem costume de fazer isso com todo mundo, ou seja, com os que tem o crago abaixo do dela.

  • tenho sofrido direto assédio moral,meu patrão tem me humilhado na frente de clientes e na frente de funcionários. o que devo fazer? A onde denunciar quem procurar?

  • Na empresa Isodur/Isotherm, fabricante de ar condicionado, em Campinas-SP, o próprio dono “chuta gol contra” através do assédio moral. Não dá para denunciar o canalha porque ele faz isso quando está sozinho com o funcionário, sem que os outros percebam – ou seja, não há como conseguir provas testemunhais. Não passar tarefas, solicitar uma coisa e após alguns minutos dizer que pediu outra, atribuir ao colaborador erros que ele não cometeu são apenas algumas atitudes praticadas, que configuram assédio moral. Então, a saída é alertar os que estejam buscando trabalho para que evitem se candidatar a qualquer coisa por lá. A preciosidade é o tal de Araan Carvalho: totalmente contraindicado!

    Não vamos nos calar. O ambiente de trabalho não tem que ser uma sucursal do inferno. E não tenha medo de perder seu emprego, vc arranja outro muito melhor; o pior é perder a saúde e a dignidade.

    Serena

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.