Como Denunciar Assédio Moral no Trabalho

Você sabe que o que realmente é considerado como assédio moral no ambiente de trabalho? Considera-se assédio moral no trabalho todas as ações, gestos ou palavras que atinjam, pela repetição, a autoestima e a segurança do ser humano, fazendo-o duvidar de si e de sua competência, provocando danos ao ambiente de trabalho, à evolução da carreira profissional ou à estabilidade do vínculo empregatício. Saiba como denunciar assédio moral no trabalho.

O assédio no trabalho pode ser muito sério (Foto: Divulgação)

Como Denunciar Assédio Moral no Trabalho

Enfim, todas as atitudes que são capazes de ferir a personalidade, a dignidade da pessoa, a integridade física e/ou psíquica do ser humano, colocando em risco o emprego e comprometendo o ambiente de trabalho. Então como você já sabe o que é assedio moral dentro do trabalho, se caso acontecer com você ou então você conheça alguém que esteja passando por esse problema, vai aqui algumas dicas para saber como agir.

humilhando o funcionário

Xingamento no trabalho prejudica o funcionário e o seu desenvolvimento (Foto: Divulgação)

Assédio no trabalho faz muito mal à saúde

Muitas vezes pensamos que o ato de humilhar não traz nenhum malefício para saúde, mas este pensamento está errado, mas a humilhação estabelece um risco invisível, entretanto concreto nas relações de trabalho e a saúde dos trabalhadores e trabalhadoras, revelando uma das formas mais poderosa de violência sutil nas relações organizacionais, sendo mais frequente com as mulheres e adoecidos.

homem humilhando outro

Humilhar é uma forma de assédio (Foto: Divulgação)

Humilhação repetitiva e autoritária

Sua reposição se realiza ’invisivelmente’ nas práticas perversas e arrogantes das relações autoritárias na empresa e sociedade. A humilhação repetitiva e prolongada tornou-se prática costumeira no interior das empresas, onde prevalece o menosprezo e indiferença pelo sofrimento dos trabalhadores/as, que mesmo adoecidos/as, continuam trabalhando.

Então segue aqui algumas dicas de como agir na situação de assédio moral:

•Resistir: anotar com detalhes toda as humilhações sofridas (dia, mês, ano, hora, local ou setor, nome do agressor, colegas que testemunharam, conteúdo da conversa e o que mais você achar necessário).
•Dar visibilidade, procurando a ajuda dos colegas, principalmente daqueles que testemunharam o fato ou que já sofreram humilhações do agressor.
•Organizar. O apoio é fundamental dentro e fora da empresa.
•Evitar conversar com o agressor, sem testemunhas. Ir sempre com colega de trabalho ou representante sindical.

pessoa oprimida

Denunciar é a melhor escolha para quem sofre o assédio no trabalho (Foto: Divulgação)

Como Fazer Denúncia

Exigir por escrito, explicações do ato agressor e permanecer com cópia da carta enviada ao D.P. ou R.H e da eventual resposta do agressor. Se possível mandar sua carta registrada, por correio, guardando o recibo.

•Procurar seu sindicato e relatar o assédio moral no trabalho acontecido para diretores e outras instancias como: médicos ou advogados do sindicato assim como: Ministério Público, Justiça do Trabalho, Comissão de Direitos Humanos e Conselho Regional de Medicina (ver Resolução do Conselho Federal de Medicina n.1488/98 sobre saúde do trabalhador).
•Recorrer ao Centro de Referencia em Saúde dos Trabalhadores e contar a humilhação sofrida ao médico, assistente social ou psicólogo.
•Buscar apoio junto a familiares, amigos e colegas, pois o afeto e a solidariedade são fundamentais para recuperação da autoestima, dignidade, identidade e cidadania. Procure sempre a justiça para tentar encontrar um caminho para este problema e bola pra frente com a sua dignidade e moral preservada.

17 Comments - Add Comment

Reply