Como Demitir um Funcionário

Nos dias de hoje, se existe algo que pode ser considerado uma tragédia é ser demitido de um emprego. Tudo bem que em raros…

Nos dias de hoje, se existe algo que pode ser considerado uma tragédia é ser demitido de um emprego. Tudo bem que em raros casos isso é desejado, porém na maioria dos casos isso significa um grande baque para a vida do trabalhador, capaz de fazer com que toda sua vida dê uma reviravolta. Afinal todo mundo tem de arcar com planos e compromissos financeiros para serem cumpridos no fim do mês. Diante disso dá para perceber que é muito difícil passar por essa experiência. Talvez por isso mesmo alguns patrões tenham dificuldades no momento de dispensar os serviços de alguns de seus funcionários.

Esse é um tipo de comunicado que envolve certos cuidados com por exemplo no uso das palavras. Ninguém quer ser portador de más notícias porém algo deve ser feito. Se essa missão coube a você, deve estar preparado para conduzir a situação da melhor forma possível. Caso tenha dúvidas sobre como agir nesse momento, confira algumas orientações do site Canal RH que com certeza serão úteis:

– Coloque-se no lugar do outro: Se você estivesse no lugar de quem receberá a notícia, como gostaria de ser tratado?

– Seja discreto: Esse tipo de conversa deve ser feita em um local privado e não em locais onde possa ter plateia.

– Vá direto ao assunto: Não enrole ou crie rodeios. Seja sucinto. Escolha as palavras adequadas para o momento, seguindo a orientação sobre colocar-se no lugar de quem está sendo demitido. Para evitar constrangimentos, tente fazer esse comunicado não ultrapassar dez minutos. Porém, caso o funcionário deseje uma conversa mais longa ou até mesmo um desabafo, esteja preparado para escutá-lo com boa vontade e paciência.

Continuar Lendo  Tênis Social Masculino Modelos, Onde Comprar

– Tenha cuidado com o que diz: Seja educado e tenha respeito pelo funcionário. Ser suscinto não significa ser grosso. Também não é o melhor momento para ressaltar pontos negativos do desempenho do funcionário a esta altura.

– Não demita no fim de semana: Os consultores do site Canal RH explicam que é preferível ter de fazer isso no início da semana, entre segunda e quarta-feira para que possa usar os dias úteis para tomar providências úteis como entrar em contato com outras empresas de seu interesse e se preparar para buscar novas oportunidades.

– Informe a todos os interessados: Dependendo de qual a estrutura de sua empresa, avise aos integrantes da equipe sobre a demissão e também faça a divulgação por escrito. Caso seja um cargo em que o profissional tenha contato direto com fornecedores, parceiros e entidades, esse contato também deve ser feito.

– Não tenha receio de pedir ajuda: Geralmente essa é uma missão do chefe imediato. Se o local de trabalho oferece estrutura maior, com outras chefias e departamento de Recursos Humanos, peça ajuda se isso for recomendável. O apoio de um profissional de RH pode ajudar em determinadas situações onde por exemplo o chefe fique abalado por ter de dispensar alguém com quem tenha fortes vínculos, ou quanto o líder em questão seja recém-contratado e caiba a ele fazer um corte de pessoal.

Demitir nunca é uma missão agradável, mas você pode fazer esse momento ser menos tortuoso, portanto tenha cautela.

Top