Como deixar ambientes mais frescos

No auge do verão, é importante tomar algumas medidas para deixar os ambientes residenciais mais frescos e confortáveis. A decoração pode ser uma grande…

Por Isabella Moretti em 26/01/2012

Aposte no contraste do branco com as cores frias.

No auge do verão, é importante tomar algumas medidas para deixar os ambientes residenciais mais frescos e confortáveis. A decoração pode ser uma grande aliada nesse sentido, possibilitando pequenas mudanças que aliviam a sensação de calor.

Durante os dias quentes, as pessoas sentem dificuldades para lidar com as altas temperaturas nos ambientes fechados. Em áreas pequenas, como os cômodos de um apartamento, fica ainda mais complicado driblar o efeito térmico desagradável.

Dicas de decoração para ter ambientes frescos

Sala de estar arejada, marcada pelas cores neutras.

1. Cores: os tons que prevalecem nos ambientes residenciais costumam causar estímulos e sensações nas pessoas, influenciando até mesmo na questão do comportamento. Para deixar os ambientes mais frescos e afáveis, é interessante apostar no grupo de cores frias, que inclui azul, verde e violeta. Este colorido contribui ainda para deixar o cômodo com uma atmosfera mais tranquila.

As cores neutras e claras podem ser aplicadas na decoração da casa ou apartamento, diminuindo a sensação de ambiente abafado. Experimente um colorido mais discreto com uma cor fria e depois adicione um tom frio para marcar o contraste e deixar o espaço refrescante. A principal cor caracterizada pela neutralidade é o branco.

2. Têxteis: na hora de escolher a cortina ideal, prefira um modelo de cor clara, marcado pela leveza e tenha um bom caimento para vestir a janela. Com relação à roupa de cama, siga o mesmo parâmetro optando pelos tecidos mais leves estampados com cores frias ou neutras. Já o tapete usado na sala de estar deve possuir pelo curto e não ser tão estampado. Peças confeccionadas com algodão, linho ou seda se destacam pelo frescor, mas evite a lã e o veludo.

3. Espaço: é importante aproveitar a área de cada cômodo, mas cuidado para não sobrecarregá-los com objetos decorativos. Independente se o espaço for grande ou pequeno, vale à pena deixar algumas lacunas para facilitar a circulação dos moradores e não aumentar a sensação de calor.  

4. Revestimento: na superfície horizontal, prefira uma cobertura com pisos frios e claros. Esta aposta deixará a decoração com um efeito mais fresco e agradável do que outros materiais, como é o caso da madeira. Desta forma, a cerâmica e o mármore são bem-vindos no acabamento da casa.

5. Iluminação: procure otimizar ao máximo a claridade natural dentro de casa, usando desta forma cortinas claras. Os tijolos ou telhas de vidro também contribuem com esta questão da luz nos ambientes fechados. Caso a intenção seja iluminar de forma refrescante durante a noite, adote lâmpadas frias em áreas com paredes brancas.

Ambiente todo branco e bem iluminado confere frescor a proposta de decoração.

6. Plantas: os elementos paisagistas contribuem com a sensação de refrescância nos cômodos. Além de eliminar os poluentes do ar e liberar fragrâncias agradáveis, as plantas são perfeitas para aumentar a sensação de ‘espaço arejado’.

Aproveite as dicas e favoreça o frescor dentro de casa.

Top