Como deixar a batata-frita mais saudável

A batata-frita é uma das iguarias mais apreciadas por crianças, jovens e adultos. Ela se destaca como um dos principais atrativos das redes de…

A batata-frita é uma das iguarias mais apreciadas por crianças, jovens e adultos. Ela se destaca como um dos principais atrativos das redes de fast-food, mas possui pontos negativos. Quando consumida em excesso, a batatinha engorda e prejudica a saúde.

A batata-frita é saborosa, mas também calórica e gordurosa. (Foto:Divulgação)

A fritura com óleo de cozinha é o método tradicional de preparo da batatinha frita. No entanto, o produto utilizado é uma poderosa fonte de gordura saturada e colesterol. O excesso de fritura na alimentação pode resultar em doenças cardiovasculares, cansaço, dores de cabeça, mal-estar e obesidade.

Quando a fritura faz com que o óleo seja incorporado à batata, ocorre grande aumento calórico. Por exemplo, se uma porção (100g) de batatas cozidas tem 52 calorias, após a fritura, o valor sobe para 267 calorias.

Formas de deixar a batata-frita mais saudável

Confira a seguir dicas para deixar a batatinha frita com menos gordura:

• É importante fritar a batata com um óleo que não seja tão prejudicial à saúde, como de soja, canola, milho e girassol.

• Uma forma de tornar a batatinha mais saudável é evitar que ela fique encharcada de óleo. Uma dica interessante é deixar a temperatura do óleo bem alta.

O óleo de cozinha e a manteiga precisam ser evitados na hora de fritar. (Foto:Divulgação)

• O azeite de oliva é o mais recomendado para saladas, porém não é apropriado para o aquecimento, já que oxida rapidamente.

Fritar batatinha com manteiga é algo extremamente gorduroso, por isso deve ser evitado.

• O óleo usado para fritar a batata jamais pode ser guardado dentro do forno na mesma frigideira para reutilizar. O ideal é esperar o conteúdo esfriar, filtrar e colocar em outro recipiente, como uma garrafa PET. Em seguida, este óleo deve ser encaminhado para a reciclagem.

Leia Também:  Biquini: como escolher o modelo certo

• Quando um alimento rico em amido é submetido à alta temperatura, ele forma a acrilamida, uma substância acusada de aumentar as chances de câncer. No caso da batata, o problema pode ser evitado deixando os legumes na temperatura ambiente ou deixando-os de molho na água fria para retirar o excesso de carboidrato.

• As batatinhas devem ser fritas até que adquiram um tom amarelado. As tiras ou rodelas escuras precisam ser descartadas, pois apresentam maior quantidade de acrilamida.

A fritadeira elétrica é uma solução para fritar batatinhas sem óleo. (Foto:Divulgação)

• Uma forma de tornar a batata-frita mais saudável é apostando na compra de uma fritadeira elétrica. Os equipamentos mais modernos já permitem realizar frituras sem óleo, preservando o sabor e a crocância.

A batata, seja ela frita, assada ou cozida, carrega a fama de ‘um alimento que engorda’. No entanto, ela tem nutrientes fundamentais para o organismo, como vitaminas K, C e do complexo B, potássio, fósforo e carboidratos. Se fugir das receitas extremamente gordurosas, o indivíduo consegue comer batata sem prejudicar a dieta.

Top