Como Cuidar de Violetas em Apartamento

As violetas são consideradas ótimas flores para cultivo, primeiro por serem belas e singelas, por serem pequenas e ocuparem espaços pequenos em um ambiente…

As violetas são consideradas ótimas flores para cultivo, primeiro por serem belas e singelas, por serem pequenas e ocuparem espaços pequenos em um ambiente e, também, por não carecem de cuidados complexos. Com estas três características, é fácil encontrar estas flores em diversas localidades urbanas, sendo elas casas ou apartamentos. Mesmo com estas facilidades, é sempre bom conhecer mais sobre a planta que se possui – ou que pretende possuir. Sendo assim, aqui vão algumas orientações acerca de como cuidar de violetas em apartamentos.

Novamente, ainda que a violeta seja uma flor que não necessite de tantos cuidados, ela possui raízes sensíveis que não podem ser deixadas em uma terra muito encharcada. Assim como as raízes, as folhas e a copa da violeta também são sensíveis e podem apodrecer com a umidade, portanto, basta não molhá-las para garantir longevidade à planta. Como a violeta não pode ficar muito tempo exposta diretamente à luz do sol, ela é uma flor que se adapta muito bem aos ambientes internos. Entretanto, é claro, ainda se trata de uma flor, por isso, a luz é necessária. Para aqueles que colocam a violeta no parapeito da janela, a dica é sempre ir virando o vaso a cada semana em torno dele mesmo, tomando cuidado para que a mesma direção seja sempre mantida.

Muitas pessoas procuram manter as violetas em vasos ou vasinhos de plástico, enquanto o ideal é que ela seja mantida em vasos de barros. Estes vasos devem contar com furos na base para que o excesso de água seja drenado. Sobre o recipiente, uma dica é mergulhar o vaso, de barro, em água durante algumas horas e fazer uma camada, no fundo, colocando um pedaço de cerâmica sobre o orifício. Depois disso, terra deve ser usada para encher o vaso e, em seguida, um buraco, feito com o dedo mesmo, deve ser feito para a introdução da folha. Aqui, é importante não enterrar a folha.

Leia Também:  Buffet: cuidados ao contratar

Para que a violeta sempre floresça, é importante manter o local sempre bem iluminado e as flores mais velhas devem ser retiradas. Assim que isso for feito, as três semanas próximas devem contar com uma diminuição na quantidade de água no momento de regar. Além disso, é claro, deve-se adubar o vaso corretamente.

As dicas sobre os cuidados da violeta foram retiradas do original Como cuidar de violeta, que se trata de uma postagem no blog Os cantinhos da vida.

Sobre a violeta
A violeta pertence à família das Violaceae, de plantas angiospérmicas, que fazem parte da ordem Malpighiales. Não se sabe ao certo, mas acredita-se que a origem da flor seja da Europa antiga. A violeta era adorada pelos gregos e representava o amor entre Zeus e suas sacerdotisas, na mitologia grega.  Após o período marcado helenização, a violeta também passou a ser admirada pelos romanos. Segundo a história, o imperador Heliogábalo, também conhecido como Elagábalo, ou Marco Aurélio Antônio, governante entre os anos de 218 e 222, ordenava que fossem preparados banhos contendo as violetas e também as utilizava para a decoração de seu palácio.  No Brasil, a flor correspondente cultivada é a violeta africada, descoberta em 1928 pelo pesquisador alemão Walter Von Saint Paul.

Top