Andre 22/02/2012 Fotos & Vídeos

As borboletas são importantes agentes polinizadores

As borboletas encantam pela sua beleza, com a intensa mistura de cores em suas asas e também desempenham um papel importantíssimo de polinização, tanto é que a sua presença em parques, jardins e floresta indica que aquele lugar tem uma boa qualidade ambiental.

Criar borboletas é um hobbie adotado por muitas pessoas, e se você quiser iniciar a sua criação, fique atento às dicas básicas que vamos passar. Antes de começar, é bom saber que o ciclo de vida da borboleta inclui as fases de ovo (pré-larval), larva (a conhecida lagarta), pupa (ocorre dentro do casulo – ou crisálida) e imago (fase adulta).

Capturando os ovos e as larvas

Os ovos podem ser encontrados em diversos tipos de folhas

Para começar uma criação amadora de borboletas, o primeiro passo é procurar e capturar os ovos e as lagartas (larvas), que normalmente estão localizados na parte inferior das folhas. Você pode procurar nas plantas de casa, em jardins, pomares, bosques ou onde houver plantas e flores.

Depois que localizar os ovos, você deve recolhê-los com cuidado, pois eles são muito sensíveis. Corte a folha inteira e a coloque, juntamente com os ovos e as lagartas, em uma vasilha de plástico tampada, lembrando que se a quantidade for grande, divida em várias vasilhas. A tampa deve ter vários furos, para que o ar entre normalmente no recipiente.

Pegue outras folhas da mesma planta onde os ovos foram colhidos, para que sirvam de alimento para as lagartas, assim que elas começarem a se desenvolver.

Caso note que os ovos são de outros insetos, descarte-os. Os ovos de moscas e vespas, entre outros, são parecidos aos de borboleta.

Cuidados

– As fezes expelidas pelas lagartas devem ser limpas diariamente. É recomendado fazer a alimentação à noite e realizar a limpeza pela manhã, trocando as vasilhas por outras limpas e contendo folhas novas da planta onde os ovos foram retirados;

– As vasilhas devem ficar em locais iluminados e frescos, sem incidência direta do sol e protegidas de possíveis predadores dos ovos;

– Fique sempre de olho no crescimento das lagartas, já que algumas delas são canibais;

– Depois que os casulos forem formados na vasilha (demora entre 1 e 3 semanas), retire as pupas e dependure-as em um superfície mole (como espuma, por exemplo), usando um alfinete para prendê-las;

– Assim que a borboleta nascer, ela sairá à procura de alimento, que é o néctar das flores. Deixe muitas flores próximas ao local ou faça a alimentação artificial, colocando uma mistura de água, mel e açúcar em pires rasos.

Confira fotos de algumas espécies

Outros artigos

Livros em braille – onde comprar

18/05/2011

Livros em braille – onde comprar

O país ainda está longe de ser um exemplo em oferecer acesso (em todos os sentidos) às pessoas portadoras de necessidades especiais, contudo há luzes no fim do t...

Como ter sucesso na dieta escolhida

24/10/2014

Como ter sucesso na dieta escolhida

Como ter sucesso na dieta escolhida? São diversas as dietas que podem ser escolhidas para se perder peso, porém certas dicas devem ser seguidas para que o resultado ...