Como conseguir FIES em 2014?

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é uma iniciativa do Ministério da Educação que visa aumentar o acesso ao Ensino Superior. Podem participar do programa os estudantes matriculados em cursos de graduação de instituições particulares, desde que tenham uma avaliação positiva do MEC.

O FIES tem uma taxa efetiva de juros de 3,4% ao ano para todos os cursos. (Foto:Divulgação)

O FIES tem uma taxa efetiva de juros de 3,4% ao ano para todos os cursos. Esta porcentagem costuma ser bem mais acessível do que as dos bancos que trabalham com financiamento estudantil.

O que é preciso para conseguir o FIES?

Além de estar matriculado em um curso presencial de graduação não gratuito, o estudante precisa ser bem avaliado pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES).

O financiamento estudantil pode ser vetado pelo MEC se o estudante estiver em situação de trancamento geral das disciplinas, renda familiar bruta superior a 20 salários mínimos, inadimplência no Programa de Crédito Educativo e comprometimento da renda mensal bruta inferior a 20% do total. Também não podem participar do programa os estudantes que já contaram com o FIES para realizar outro curso.

Inscrições FIES 2014

Portal SisFIES. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir o passo a passo para se inscrever no FIES:

1. O estudante deve realizar um cadastro no Sistema Informatizado do Fies (SisFIES). Neste primeiro momento, é necessário informar CPF, data de nascimento e email válido. Também é preciso cadastrar uma senha para privatizar o acesso.

2. O email cadastrado deve ser acessado, pois o Fies envia uma mensagem para valida a inscrição no sistema.

3. Na inscrição, é fundamental incluir informações sobre grupo familiar, além do curso e da instituição em que o estudante está matriculado. O sistema também pede duração do curso, valor da semestralidade, entre outros dados relacionados à graduação.

4. No SisFies, o estudante encontra um recurso que faz a simulação do financiamento, calculando as parcelas à serem pagas após a conclusão do curso.

5. A instituição bancária também deve ser selecionada. Os bancos habilitados ao Fies são Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil.

6. No ato da inscrição, o universitário também deve deixar claro o tipo de fiança de sua preferência, que pode ser Fiança Tradicional, Fiança Solidária ou Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo.

7. Depois que todas as informações cadastrais estiverem devidamente preenchidas, basta confirmar a inscrição.

A inscrição precisa ser validada na instituição de ensino. (Foto:Divulgação)

8. Para validar a inscrição, o estudante precisa procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua universidade ou faculdade. O prazo de comparecimento é de 10 dias, que começam a ser contados após a conclusão da inscrição. A validação requer todos os documentos que comprovem as informações apresentadas no sistema.

9. Após a validação, o estudante deve se dirigir a uma agência bancária para contratar o financiamento. Também há um prazo de 10 dias.

Acesse SisFIES e inscreva-se.

Reply