Como cobrar dívidas: dicas

Como cobrar dívidas: dicas

Se você já passou por uma situação de cobrança, tanto devendo quanto tendo que cobrar aquele empréstimo, sabe bem do que estamos falando. A…

Por Editorial MDT em 15/10/2013

Se você já passou por uma situação de cobrança, tanto devendo quanto tendo que cobrar aquele empréstimo, sabe bem do que estamos falando. A boa nova é que é possível resolver a situação de maneira mais leve. Pensando nisso, selecionamos dicas de como cobrar dívidas. Confira.

A divida pode ser cobrada com classe. (Foto: divulgação)

Cobrando dívidas

Muitas pessoas carregam um peso grande nas costas de um dia ter que cobrar uma pessoa querida algo que ela está devendo. Geralmente, o credor se sente desconfortável com a situação e o cobrador também se sente mal ao pensar que pode prejudicar a relação existente.

A primeira coisa a ser feita é respirar com calma e lembrar que será necessário ter um bom controle emocional. Mesmo que todas as coisas indique que vai tudo às mil maravilhas, existe o medo inconsciente de todos em sofrer rejeição ou algum tipo de agressividade.

É preciso saber como cobrar dividas. (Foto: divulgação)

Dicas de como cobrar dividas

1. Crie propostas antes de negociar: não adianta fazer um acordo com o devedor sem antes criar uma proposta com as formas de pagamento. O risco do despreparo é de o credor propor suas próprias formas de condições, que podem não ser mais favoráveis. Para colocar a ideia no papel, não existe regra.

2. Procure um credor frente a frente: contatar uma empresa credora é o primeiro passo para negociar de forma segura. O ideal é tentar ser atendido em um setor especializado. Se o atendimento não for possível, o mais comum em grandes empresas demonstra a intenção de pagar a divida e tentar marcar um novo horário no setor responsável.

3. Descontos maiores: as instituições financeiras se reúnem para fazer mutirões ou campanhas de renegociação de dívidas. Nesses casos, a oportunidade de descontos é maior, já que as empresas convocam os devedores para quitar dívidas. Os descontos chegam até 50% de desconto.

4. Se for quitar a vista peça desconto: se existe uma reserva financeira para quitar o valor emprestado, essa é a oportunidade de negociar o desconto. Para o credor, é sempre muito bom receber o dinheiro imediato, por isso vale tentar reduzir antes de quitar.

5. Utilize a psicologia da cobrança: procure classificar o cliente de acordo com o seu perfil, sendo um bom empreendedor, afável, expressivo e analítico. Essa pré-qualificação em função da personalidade ajuda o negociador a lidar melhor com o cliente, extraindo o máximo da negociação.

6. Negocie pela internet: a cobrança pode ser feita pela internet facilitando o contato com o credor. Nesse caso a cobrança da divida se torna menos constrangedora para ambas as partes.

Faça um planejamento antes de cobrar a dívida. (Foto: divulgação)

Cobrar a dívida de alguém é na maioria dos casos muito constrangedor tanto para o credor quanto para o cobrador. É preciso agir com naturalidade nesse momento e criar novas estratégias para realizar a cobrança da divida. Aposte nas dicas pra renegociar dívidas e se livre das mesmas.

Top