Como afastar o filho das más companhias

A preocupação com a companhia dos filhos é um problema constante na vida de muitos pais. Por vezes os pequenos realizam atos impróprios, sob…

Por Editorial MDT em 22/10/2012

A preocupação com a companhia dos filhos é um problema constante na vida de muitos pais. Por vezes os pequenos realizam atos impróprios, sob a influência de amigos, e por isso é fundamental que os progenitores fiquem de olho no círculo de amizade de seus filhos.

Os pais devem ficar de olho no círculo de amizade de seus filhos. (Foto: divulgação)

Os pais devem ficar atentos assim que novos amigos apareçam e antes que a má influência possa prejudicar seus filhos, afinal, não é incomum pessoas terem de arcar com consequências de ações maldosas e vandalismo só por estar junto de outros que realizam tais atos, mesmo sendo contra esse tipo de prática.

Algumas dicas simples podem fazer toda diferença na maneira de se relacionar com as crianças e mantê-las livre de problemas. Saiba como afastar seus filhos das más companhias e aprenda algumas lições de boas-maneiras, que deveriam ser seguidas por todos os pais.

Veja porque é importante ser amiga dos filhos.

Dicas para afastar os filhos de más companhias

  • Conheça de verdade os amigos dos filhos;
  • Por mais que seja difícil lidar com a bagunça e fazer lanche para toda garotada, os pais devem estimular a convivência do grupo de amigos dentro da própria casa, onde possam ficar de olho na forma como se relacionam e em possíveis sinais de alerta;
  • Uma boa dica para fazer a criança entender as formas de comportamento inadequadas é conversar sobre filmes e programas de televisão, exemplificando o comportamento bom e ruim com as personagens;

Em situações extremas, os pais devem ser enérgicos. (Foto: divulgação)

Entenda como lidar com filhos adolescentes.

  • Independente da idade de seu filho, os pais devem sempre valorizar e elogiar as situações em que ele tomar decisões por conta própria e agir da maneira correta, sem se deixar levar pela influência da turma de amigos;
  • É fundamental conhecer o comportamento da criança fora do ambiente escolar ou de casa. Por isso uma boa dica é frequentar festinhas e reuniões dos amigos da criança, o que também ajuda a saber mais sobre os pais dos colegas;
  • É muito importante que os pais fiquem por dentro da rotina do filho. Uma boa medida é procurar saber com quem ele está fazendo o trabalho escolar e os lugares que frequenta. Esses cuidados devem acontecer de forma sutil e natural, como algo corriqueiro e normal, para que a criança não se sinta pressionada e vigiada;
  • Prestar muita atenção nas atitudes do filho e, caso não aprove suas companhias, procurar ter uma conversa franca, pedindo para que ele fale sobre sua turma e questionando as atitudes das quais não aprovar, é uma medida pacífica para levar a criança a repensar sobre seu círculo de amizades;
  • Em último caso, os pais não devem ter medo de serem mais enérgicos, caso tenham provas de que os amigos de seu filho estão aprontando. Nessas situações a dica é proibir a convivência com eles e estimular a criança a fazer amizades mais saudáveis.

Muitos jovens agem por influência de más amizades. (Foto: divulgação)

As más companhias podem comprometer o presente e o futuro das crianças, e por isso é fundamental que os pais fiquem atentos e saibam como selecionar o círculo de amizade de seus filhos.

Top