Como adaptar a casa para cegos

De acordo com informações do IBGE, 45,6 milhões de brasileiros se declararam com algum tipo de deficiência no censo de 2010. As dificuldades para…

De acordo com informações do IBGE, 45,6 milhões de brasileiros se declararam com algum tipo de deficiência no censo de 2010. As dificuldades para enxergar ou até mesmo a cegueira absoluta apareceram como as respostas mais frequentes dos entrevistados. No total, 506 mil participantes declararam que são cegos.

O deficiente visual precisa de uma casa que satisfaça as suas necessidades. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Como Adaptar a Casa Para Idosos

Uma casa que atenda as necessidades

As pessoas que sofrem de deficiências visuais devem contar com uma casa apropriada. Os ambientes serão planejados pensando nas necessidades especiais do deficiente, sem interferir no conforto dos demais moradores.

Dentro de sua casa, o deficiente visual precisa ter acessibilidade. Ele deve adquirir certa independência no espaço conhecido, mas isto não pode colocar em risco o seu bem-estar ou saúde. Os cômodos precisam ser planejados com o objetivo de reduzir ao máximo o risco de acidentes e aguçar os outros sentidos.

Adaptação de uma casa para cegos

Confira a seguir dicas para adaptar a casa para cegos:

• As cadeiras devem ser mantidas no lugar certo, ou seja, junto à mesa. Se elas ficam espalhadas pela casa, podem resultar em acidentes com o morador cego;

• É importante que exista o mínimo possível de degraus dentro da casa;

• Colocar barras nas paredes dos ambientes ajuda o deficiente a se localizar;

As barras facilitam a localização. (Foto:Divulgação)

• Os móveis não devem ser enfeitados com adornos que caem e se quebram facilmente. Peças de vidro, por exemplo, podem cair e machucar o deficiente visual;

• As torneiras de toque são mais apropriadas do que os modelos de rosca;

• Pisos antiderrapantes ajudam a prevenir acidentes e melhoram a acessibilidade dos espaços;

• As portas dentro de casa devem ficar abertas de preferência. Caso contrário, o cego pode se descuidar e bater a testa;

• Os tapetes devem ser evitados, pois o deficiente visual pode tropeçar nas bordas que não estão fixadas no piso;

• Recursos sonoros e táteis ajudam a tornar a casa mais acessível ao deficiente visual;

Tapetes podem resultar em quedas, por isso é importante evitá-los. (Foto:Divulgação)

• Os móveis da casa do deficiente visual precisam ter os cantos arredondados. Também é importante que as peças sejam pesadas e firmes;

• As gavetas e portas dos móveis devem permanecer fechadas, pois elas costumam dificultar a circulação da pessoa cega;

• As passagens da casa devem ser livres de obstáculos;

•As barras nas paredes perpendiculares do banheiro ajudam o cego a tomar banho;

• Em casos de dificuldades para planejar uma casa acessível, é recomendado procurar um profissional especializado em design universal.

Veja também: 23% da população apresenta algum tipo de deficiência, diz pesquisa

Top