Como a alimentação prejudica o leite materno

Não existe mulher com leite fraco ou ruim para o bebê. Toda mãe produz o leite certo para amamentar seu filho. Porém, ela deve…

Não existe mulher com leite fraco ou ruim para o bebê. Toda mãe produz o leite certo para amamentar seu filho. Porém, ela deve ter cuidados com a alimentação, que deve ser balanceada. Saiba mais sobre o assunto e veja como a alimentação prejudica o leite materno.

A alimentação saudável é essencial para produção de leite materno. (Foto: divulgação)

Importância do leite materno

A Organização Mundial de Saúde (OMS) preconiza o aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida do bebê. Trata-se de um alimento completo, já que fornece todos os nutrientes essenciais para o crescimento e desenvolvimento da criança. O leite materno apresenta em sua fórmula imunoglobulinas, substâncias que fortificam o sistema imunológico do bebê.

Esse alimento aumenta as defesas da criança, prevenindo o surgimento de doenças como infecções respiratórias, otites, infecções intestinais e urinárias, além de reduzir o risco de diarreias.  Segundo pesquisas, a mortalidade infantil é menor em crianças que são amamentadas no seio.

O leite da mãe é fácil de ser digerido, por isso, o pequeno sente fome mais rápido. É importante destacar que ele supre todas as necessidades do bebê, não necessitando incluir nenhum outro alimento ou bebida durante o aleitamento exclusivo. Para que o leite seja ainda mais eficaz é importante que a saúde da mulher esteja excelente ainda durante a gestação. Para isso é bom seguir algumas dicas de alimentação para gestantes.

A alimentação da mãe é muito importante desde a gestação. (Foto: divulgação)

Como a alimentação prejudica o leite materno

Desde a gestação até a amamentação, a alimentação da mãe possui papel fundamental na qualidade do leite materno. Afinal, o bebê recebe uma parte de tudo que é consumido pela mãe. Segundo especialistas, o correto é manter uma alimentação saudável, rica em leite, água e sucos que estimulam a produção de leite. Alguns bebês podem ser sensíveis a alguns alimentos que a mãe consome, como temperos fortes, podendo causar alergia no pequeno.

Continuar Lendo  Como tirar o leite materno e armazenar

Além disso, durante a amamentação não existem motivos para começar uma dieta. Ela pode comprometer a produção e quantidade de leite materno, prejudicando a nutrição do pequeno. Para produzir uma quantia ideal de leite a mãe precisa ter uma alimentação balanceada, contendo aproximadamente 2.500 calorias por dia.

As mamães vegetarianas devem redobrar os cuidados com a alimentação e avaliar se estão ingerindo as quantidades certas de vitaminas e minerais para se alimentar e também o bebê. Uma consulta com uma nutricionista pode ser a melhor forma de elaborar um cardápio com lanches e refeições saudáveis para nutriz.

Outro fator que deve ser considerado, é a influência de remédios, fumo e bebidas alcoólicas na amamentação. A mãe que amamenta deve lembrar sempre que essas substâncias são perigosas e podem ser passadas para o leite. Diante de demais dúvidas, é importante saber sobre os mitos e verdades sobre o leite materno e a amamentação.

O leite materno é completo para o bebê. (Foto: divulgação)

A alimentação saudável é essencial para a mãe que está amamentando. Ela possui papel importante na produção e quantidade de leite produzido, sendo indispensável para o bebê. O ideal é apostar em uma alimentação balanceada, rica em nutrientes e vitaminas que dão qualidade ao leite materno.

 

Top