Comer carne crua faz mal

Muitos indivíduos tem o hábito de comer carne cura, temperada com azeite, sal, alho e suco de limão. No entanto, muitas vezes as pessoas tem duvidas sobre a ingestão frequente de carne crua, podendo ou não ser prejudicial à saúde. Saiba se comer carne cura faz mal à saúde.

A carne é um dos alimentos mais consumidos em todo o mundo. (Foto: divulgação)

Informações sobre a carne

A carne é um dos alimentos mais perecíveis que existem. É um alimento rico em água, proteínas, minerais, além de outros nutrientes essenciais. Devido a isso, a carne fornece excelentes condições para o crescimento dos mais diversos microrganismos, como bactérias, fungos e leveduras. Na carne (in natura) esses nutrientes estão disponíveis em quantidades adequadas, colaborando com a proliferação desses microrganismos causadores de doenças.

Microrganismos causadores de doenças

Conheça abaixo alguns dos microrganismos que causam doenças e podem proliferar nas carnes cruas. São eles:

  • Salmonela – bactéria responsável pela intoxicação alimentar e é responsável pelo desenvolvimento de diarreia.
  • E. coli – bactéria encontrado no intestino humano e indica contaminação fecal dos alimentos, em especial, pela falta de higiene.

Outros exemplos estão a Yersinia, a Campylobacter, o Staphylococcus, a Listeria, o Enterococcus e o Vibrio. A contaminação por esses e outros microrganismos pode ser resultante, entre outros fatores, pelas condições de armazenamento, transporte e preparo da carne fresca.

Saiba mais sobre a contaminação da ingestão de carne crua. (Foto: divulgação)

Outros problemas relacionados

Além dos exemplos de bactérias causadores de doença, anteriormente citados, a carne crua também pode conter vermes, como o parasita Taenia. A parasitose tem início através da ingestão de carne mal cozida que contenha os ovos do parasita. Esses ovos podem se fixar na parede do intestino e causar a teníase que apresenta como sintomas e sinais, diarreia, náuseas, dor abdominal e emagrecimento. A cisticercose também pode ser uma doença relacionada com a ingestão de carne crua, podendo causar manifestação mais grave, uma vez que os ovos podem atingir o sistema nervoso central.

Combatendo o problema da contaminação

O cozimento, de forma geral, é suficiente para garantir a segurança na ingestão da carne, desde que o alimento já não esteja estragado. Tanto o calor, quanto a radiação (utilização do micro-ondas) colaboram para o cozimento dos alimentos e com a destruição da flora microbiana causadora de doenças. É importante mencionar ressaltar que a destruição dos microrganismos depende das características dos alimentos, da temperatura e da potência dos aparelhos utilizados.

Conheça as desvantagens de comer carne crua. (Foto: divulgação)

A carne é um alimento rico em nutrientes e que, devido a isso, colabora com a proliferação de diversos microrganismos. Após conhecer mais sobre os malefícios de ingerir carne mal cozida, basta seguir as orientações de cozimento e prevenir as consequências.

Reply