Com sede de vitória, Botafogo e Cruzeiro medem forças no Engenhão

O confronto entre Botafogo e Cruzeiro, sábado, às 18h, no Engenhão, tem caráter decisivo para as pretensões das duas equipes no Brasileirão. Se por…

Por Redacao em 29/10/2011

O cruzeirense Montillo e o botafoguense Renato devem travar uma batalha à parte no Engenhão

O confronto entre Botafogo e Cruzeiro, sábado, às 18h, no Engenhão, tem caráter decisivo para as pretensões das duas equipes no Brasileirão. Se por um lado, o terceiro colocado Fogão tenta a vitória para se recuperar do revés na última rodada e diminuir a distância para o líder Vasco, de outro aparece o Cruzeiro, que segue sedento por pontos para afastar o fantasma do rebaixamento.

Pelos lados do Botafogo, uma das armas é o estádio do Engenhão, local em que a equipe ainda não perdeu na competição e já faturou 82% dos pontos disputados até aqui. O problema do time carioca está no meio de campo. Com Marcelo Mattos, suspenso, o técnico Caio Júnior ainda não definiu quem será o homem de contenção no meio. Lucas Zen pode ser a novidade.

Outro que está fora de combate é o lateral-direito Lucas, expulso na última partida. Alessandro, que volta de suspensão, já foi confirmado entre os titulares.

Depois das duas derrotas seguidas na competição, o elenco botafoguense afirma que apenas a vitória interessa contra o Cruzeiro. “O momento não é bom, mas temos um jogo importantíssimo, em casa, onde temos ótimo retrospecto. Respeitamos o Cruzeiro, mas vencendo vamos continuar no topo e brigando pelas primeiras posições”, afirmou o volante Renato.

Confiança é a palavra de ordem na Raposa

A vitória sobre o Atlético-GO, na última rodada, colocando fim ao jejum de 11 jogos sem vencer, fez bem à equipe celeste, que se enche de moral para a sequencia.

Apesar de ainda continuar ameaçado pelo rebaixamento, o time cruzeirense acredita que pode dar uma reviravolta na competição. A boa notícia para o técnico Vagner Mancini é que ele poderá manter a mesma equipe utilizada na última rodada. Assim, a tendência é que o Cruzeiro atue novamente com três zagueiros e os laterais mais adiantados.

Na visão do craque Montillo, somente os três pontos interessam. “Agora, vamos enfrentar o Botafogo, sabendo que dependemos apenas de nós mesmos e temos que ir ao Rio para ganhar”, afirmou o argentino.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X CRUZEIRO

Botafogo: Jefferson; Alessandro, Fábio Ferreira, Antônio Carlos e Bruno Cortês; Lucas Zen, Renato, Elkeson e Maicosuel; Herrera (Felipe Menezes) e Loco Abreu. Técnico: Caio Júnior

Cruzeiro: Fábio; Léo, Victorino e Naldo; Vitor, Fabrício, Marquinhos Paraná, Montillo e Diego Renan; Anselmo Ramon e Farías. Técnico: Vagner Mancini

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Carlos Emanuel Manzolillo (DF) e Julio César Rodrigues Santos (RS).

Top