Coloque seu Filho para Brincar fora do Computador com 5 Brincadeiras

O avanço da tecnologia provocou muitas mudanças na rotina e no comportamento das pessoas. A internet revolucionou os parâmetros de entretenimento com possibilidades de…

O avanço da tecnologia provocou muitas mudanças na rotina e no comportamento das pessoas. A internet revolucionou os parâmetros de entretenimento com possibilidades de músicas, vídeos, jogos e muito mais. O problema é que atualmente as crianças tem passado cada vez mais tempo em frente a tela do computador. Esse tempo não se deve somente a ideia de que isso as entretém mais facilmente. O site Educar Para Crescer, atribui diversos fatores a contribuir com essa tendência, como o crescimento das cidades, atividades extracurriculares e a falta de segurança nas ruas.

O tempo que as crianças tem passado entretidas no computador tem preocupado mãe, pais e especialistas que não se referem somente aos perigos que a internet oferecem para os pequenos mas também pelas mudanças profundas que o brincar infantil vem sofrendo ao longo dos tempos. Em entrevista ao Educar Para Crescer, a educadora Adriana Friedmann explica que este ato deveria ter prioridade na vida da criança: através dele é desenvolvida a comunicação, a descoberta do mundo, socialização e desenvolvimento integral de forma mediada. E isso é proporcionada por outros tipos de brincadeiras como aquelas mais antigas como pique-esconde e amarelinha, desde que a atividade seja compatível com a faixa etária da criança.

Interessado em tirar o seu filho da frente do computador e oferecer algo diferente? Então veja algumas das sugestões do UOL para brincadeiras que tem tudo para agradar.

– Brincar de Roda: Segundo a matéria do UOL, embora seja uma brincadeira antiga e relativamente simples, tem grande importância no desenvolvimento infantil: ajuda a desinibir e a socializar a criança pois exige toque corporal, exposição e o ato de olhar frente a frente, e com suas músicas, elas associam o desenvolvimento da expressão corporal, senso rítmico e organização coletiva.

Leia Também:  Modelos de saia em trico para crianças

Modelar argila: Está longe de ser a brincadeira mais prática – ainda mais quando comparada a massinha – mas como se sujar faz parte da infância é importante que ela possa ter essa chance. Crianças adoram modelar peças em argila e fazer – ou pelo menos tentar – vasos, porta-trecos e porta-lápis e copinhos, portanto quando for possível, proporcione essa alegria ao seu filho.

Gincanas: Se você tem um quintal ou pelo menos espaço dentro de casa pode organizar uma caça ao tesouro. Claro, faça isso em um local seguro e onde seus filhos possam correr. Basta esconder objetos, soltar pistas para que elas façam a busca e prometer uma recompensa. Esta é uma brincadeira que agrada em cheio qualquer criança.

Agora veja algumas outras ideias:

Amarelinha: Não requer grandes espaços para ser realizada e ajuda a desenvolver o equilíbrio e coordenação motora de quem brinca. E claro, as crianças adoram!

– Pular corda: Essa brincadeira vale até para os maiorzinhos, mas para as crianças ela também ajuda quanto a coordenação motora, equilíbrio, senso rítmico e organização coletiva – caso esteja brincando com outras crianças.

Mímica: Divertida e atemporal, ela estimula coordenação motora e imaginação, sem contar que ainda pode ser feita dentro de casa, não exigindo grandes espaços.
E então? Gostou das ideias? Então se prepare para muita diversão e lembre-se que há muitas outras: tudo vai depender do espaço que você puder oferecer.

Fontes:

– Educar para crescer: Qual a melhor diversão para todas as idades.

– Minha Vida: Tire o seu filho do computador com 9 brincadeiras

Top