Cobertores: como escolher

Cobertores: como escolher

Com o Inverno se aproximando, aumenta a procura por cobertores nas lojas. Os consumidores buscam peças confortáveis, práticas e resistentes, que sejam capazes principalmente…

Por Isabella Moretti em 17/04/2012

Antes de escolher um cobertor é necessário avaliar o tipo de tecido.

Com o Inverno se aproximando, aumenta a procura por cobertores nas lojas. Os consumidores buscam peças confortáveis, práticas e resistentes, que sejam capazes principalmente de aquecer durante noites frias. No entanto, para adquirir o cobertor ideal, é importante conhecer detalhes sobre cada produto.

A variedade de modelos de cobertores no mercado pode confundir as pessoas no momento da compra, sobretudo quando a aquisição acontece pela internet. Por isso é recomendado ler atentamente a descrição de cada peça e, se possível, adquiri-la depois de uma análise pessoalmente. Os olhos podem ser enganados, mas com o tato fica fácil perceber se o cobertor se enquadra às necessidades.

O cobertor fornece proteção contra o frio, tornando as noites de sono mais prazerosas e agradáveis. Além da sua funcionalidade, ele também contribui com a decoração do quarto, deixando a cama bonita, charmosa e atraente. A estética tem sido muito valorizada pelos modelos atuais, prova disso é o cobertor de dupla face, que permite inovar a roupa de cama todo dia.

O cobertor também contribui com a decoração do quarto.

Dicas para escolher o cobertor

• Antes de adquirir um cobertor, procure tirar as medidas da cama para não precisar trocar a peça depois;

• Os principais cobertores são fabricados com poliéster, acrílico, algodão e fibras, por isso vale a pena conhecer detalhes sobre cada composição antes de fazer a opção de compra;

• Em primeiro lugar procure avaliar a qualidade do material com o qual a peça foi confeccionada. Quando se trata de roupa de cama, o algodão é sempre o mais indicado, pois é fibra natural e que não causa alergias ou irritações na pele. Um cobertor de algodão é macio, agradável ao toque e apresenta durabilidade;

• Ao sentir um produto, lembre-se: quanto maior a quantidade de fios, mais suave e agradável é o seu toque;

• Para quem busca facilidades na hora de lavar e praticidade no uso, o mais indicado é o uso de cobertores mistos, ou seja, com composição formada por fibras sintéticas e algodão;

• A manta é um tipo de cobertor muito comum no Brasil, sendo recomendada para aquecer durante as noites mais frias de inverno. Trata-se de uma peça pesada e normalmente feita de lã;

• As pessoas que buscam um tipo de cobertor para todas as estações, o modelo mais apropriado é o de microfibras;

• Na hora de escolher um cobertor, é importante verificar a cor, estampa e a textura, assim fica fácil combiná-lo a outros elementos da decoração;

• Para fazer a primeira lavagem do cobertor, é essencial ler as recomendações do fabricante para preservar a peça.

O cobertor ideal precisa aquecer, ser macio, confortável e não causar alergias.

Top