Climatério: saiba mais

O climatério e a menopausa são totalmente diferentes. O climatério consiste na fase de limites imprecisos na vida feminina, trata-se da transição do período…

O climatério e a menopausa são totalmente diferentes. O climatério consiste na fase de limites imprecisos na vida feminina, trata-se da transição do período reprodutivo para o não reprodutivo. Já a menopausa começa logo após a última menstruação. Saiba mais sobre o climatério.

Os fogachos são muito comuns no climatério. (Foto: divulgação)

O que é climatério

Para muitas pessoas, o climatério e a menopausa são a mesma coisa. Mas é preciso entender que o termo menopausa é usado somente para a última menstruação. A fase que antecede a menopausa e se estende por muitos anos é o que chamamos de climatério. Esse período é uma grande tradução de uma reviravolta hormonal para as mulheres.

Outro termo muito confundido com o climatério é a pré-menopausa. É quando a fertilidade começa a diminuir. Em seu auge da vida reprodutiva a mulher tem 75% de chances de ficar grávida. Após a menopausa, essa probabilidade não passa de 20%.

Veja também como funciona a reposição hormonal feminina 

Estrógeno saindo de cena

Os sinais mais desagradáveis do climatério atingem o topo da menopausa, o que pode confundir ainda mais esses nomes. Entretanto, eles já aparecem de forma sutil antes da menopausa. E, quando a menstruação acaba, eles permanecem firmes até aproximadamente um ano depois. Esse estágio é chamado de perimenopausa, onde a vagina começa a perder a umidade e surgem os famosos fogachos.

Antes de entrar na menopausa, a menstruação passa a falhar. Muitas vezes fica muito tempo sem descer. Tudo isso porque nesse período já não há mais hormônio feminino suficiente para fazer com que o útero se prepare para a gravidez como antes. Sem esse passo inicial no ciclo, muitas vezes não ocorre nada.  Ou tudo fica muito descontrolado se completando a cada 15 ou 20 dias.

O climatério é o período que antecede a menopausa. (Foto: divulgação)

Menopausa precoce

Existem alguns fatores, que podem antecipar a menopausa. As mulheres que fumam chegam ao climatério dois anos antes do tempo previsto. Uma das possíveis explicações para o fenômeno é que mulher nasce com um estoque de folículos menor dos que a média da população feminina ou com características que aceleram sua perda.

Leia Também:  Menopausa: dicas, conselhos

Outro motivo seria por doenças auto-imunes nas quais os anticorpos aniquilam os folículos. Os tratamentos com quimioterapia e radioterapia acionam o mesmo efeito. Entretanto, vários casos de menopausa precoce acontecem sem causa aparente, ou seja, sem explicações científicas.

O climatério é um período normal na vida de todas as mulheres. (Foto: divulgação)

Leia também menopausa, amenize o climatério 

O climatério é o período que antecede a última menstruação, a menopausa. Nesse período a mulher passa por várias alterações hormonais que apresentam sinais e sintomas como fogachos, irregularidades menstruais, perda de umidade vaginal até que cesse a menstruação. É importante deixar claro, que se trata de uma fase normal da vida de todas as mulheres. Para esclarecer maiores dúvidas, consulte seu ginecologista.

Top