Cliente da Claro pede desconto e no mês seguinte recebe fatura com o nome ‘Otário Chorão’

Imagina só você recebendo uma fatura onde o nome do cliente é Otário Chorão. Certamente não ia gostar dessa descrição ofensiva. Até parece aquela vingança de filme de comédia, mas na realidade é uma piada de mau gosto contra um cliente de uma operadora de celular, de serviços de telefonia fixa e de televisão.

 

Conta que cliente recebeu com nome trocado (Foto: Divulgação)

A conta desse mês de novembro de  novembro da televisão por assinatura do empresário de Campo Grande César de Medeiros, de 42 anos de idade, veio com os nome Otário Chorão no lugar do seu. A fatura gerada pela Claro TV com o nome ofensivo pode ter sido algo relacionado a um atendimento que ele recebeu quando entrou em contato com a empresa para pedir desconto. O cliente desconfia que um atendente da empresa alterou o cadastro como uma forma de vingança.

Claro explica fatura com nome ofensivo

Através da sua assessoria de imprensa, a Claro disse que ‘esse tipo de conduta não está de acordo com os princípios e valores da companhia e, por esse motivo, adota todas as providências para solucionar a questão’. No começo, o cliente não entendeu como ofensa e sim como brincadeira, mas depois de ler direito a correspondência, viu que realmente as ofensas estavam destinadas para ele.

Cliente demorou para recordar da ligação feita para a empresa pedindo desconto

O cliente lembrou-se da ligação feita para a Claro e associou nome creditado na correspondência a uma represália. Ele tinha visto uma propaganda oferecendo o mesmo tipo de assinatura que ele contratou, mas com valor menor. Ele assina a Claro há dez anos e pediu os mesmos direitos dos clientes novos, mas ele teve que cancelar e depois reativar para estar entre os contemplados da oferta.

 

César achou que era brincadeira no começo (Foto: Divulgação)

Foi então que Medeiros lembrou-se da ligação que fez pedindo redução na mensalidade. Ele viu uma propaganda oferecendo o mesmo tipo de assinatura que ele contratou, mas com valor menor.

Muito ofendido com tudo, o cliente chamado de Otário Chorão entrou em contato com a Claro para informar o que estava acontecendo e pedindo uma carta de retratação, um pedido de desculpas e a correção no nome da fatura. No entanto, a empresa no respondeu as suas queixas.

“Tentei resolver direto com eles. Liguei, questionei e eles me pediram quarenta e oito horas para resolver o problema, isso na semana retrasada. Eu queria a certeza de que o problema foi resolvido, uma carta de retratação, um simples respeito, mas nem resposta da empresa eu tenho”, afirma.

“É uma situação que chateia. Talvez se um processo contra eles for impedir que outros clientes passem pelo que eu passei, eu até entro [com a ação]. E se ganhar dinheiro de indenização eu entrego pra doação. Graças a Deus não preciso de dinheiro dessa forma”, explicou César.

Reply