Cirurgia para gordura localizada, como funciona

Muitas pessoas sofrem com o excesso de gordura acumulada, sentindo desconforto em relação a estética. Para resolver esse problema, existem cirurgias plásticas capazes de…

Por Editorial MDT em 23/01/2012

Conheça a cirurgia que retira a gordura localizada

Muitas pessoas sofrem com o excesso de gordura acumulada, sentindo desconforto em relação a estética. Para resolver esse problema, existem cirurgias plásticas capazes de remover o tecido gorduroso que está em excesso. Os locais mais frequentes que costumam armazenar a gordura são coxas, abdome, joelhos e pescoço. Isso ocorre devido a influências hormonais de cada gênero.

É importante saber que o procedimento não substitui os bons hábitos de alimentação, exercícios e não deve ser indicado para pacientes que não buscarão um estilo de vida mais saudável.

Procedimentos para a remoção de gordura

Um dos principais procedimentos capazes de retirar a gordura localizada é a lipoaspiração (que significa aspiração da gordura).

Esse procedimento visa remodelar o formato do corpo, retirando os pneus e gordurinhas. Nela, você consegue retirar aquela gordura que está em excesso, que não consegue eliminar com os exercícios físicos habituais. É importante lembrar que não é uma boa opção para quem quer perder alguns quilos, e sim para quem quer apenas moldar o corpo removendo a gordura que está em lugares específicos.

Existem diversos tipos de lipoaspiração que podem ser escolhidos

Lipoaspiração ultrassônica

A lipoaspiração ultrassônica é uma modalidade de lipoaspiração na qual há  menor dor no pós-operatório e menor risco de hemorragias. O procedimento é feito inserindo uma cânula com ponta de ultrassom, que é capaz de liquefazer a gordura. Em seguida se faz a lipoaspiração tradicional.

Lipoaspiração a laser

Esse  procedimento é muito parecido com a lipoaspiração ultrassônica, mas ao invés de uma cânula com ultrassom, utiliza-se uma cânula que possui em sua extremidade um aparelho a laser. Porém, essa técnica ainda não é muito utilizada.

Quem pode realizar a cirurgia?         

Existem critérios importantes para a realização da cirurgia, que devem ser analisados cuidadosamente.

Os resultados dependem principalmente da capacidade de retração da pele local. Quando o paciente possui pele espessa e sem flacidez, a retração é facilmente desenvolvida. Em alguns casos, quando há flacidez de pele e depósito de gorduras, é necessário realizar a retirada da pele em excesso.

Após a realização da cirurgia, é necessário realizar drenagens linfáticas para combater o restante dos depósitos de gordura.

O resultado é espetacular

Para quem quer fazer alguma cirurgia visando moldar o corpo, qualquer uma das cirurgias anteriormente citadas podem ser escolhidas. Porém, é importante lembrar que não basta realizar o procedimento, você deve mudar o hábitos de vida, para manter o corpo alcançado, de forma saudável. Faça um adieta balanceada, rica em frutas e verduras, além de exercícios físicos diários.

Top