Cinema Brasileiro: O Homem do Futuro, com Wagner Moura

Após estourar com os sucessos Tropa de Elite e Tropa de Elite 2, Wagner Moura volta para as telinhas com o sucesso O Homem…

Após estourar com os sucessos Tropa de Elite e Tropa de Elite 2, Wagner Moura volta para as telinhas com o sucesso O Homem do Futuro. É mais um filme de Cláudio Torres e conta com a participação de um elenco talentoso com Wagner Moura, Aline Moraes, Maria Luíza Mendonça, Gabriel Braga Nunes e Fernando Ceylão.

Esta película aborda um gênero nunca visto antes no cinema nacional: a ficção científica. O Homem do Futuro mistura propriedades de filmes estrangeiros, como Efeito borboleta e De Volta Para o Futuro, mas sem perder a característica brasileira de fazer uma comédia romântica de qualidade que conquista a simpatia do público.

Nesta produção Wagner Moura fez um trabalho que foi altamente elogiado pela crítica. Ele interpreta três versões do mesmo personagem em tempos diferentes, mas sem perder o controle ou a capacidade de divertir os fãs.

O Homem do Futuro é uma comédia romântica que conta a história de ‘Zero’ um cientista frustrado e infeliz que ainda não conseguiu esquecer o amor da sua vida. Vinte anos após ter sido humilhado em uma festa da faculdade. ‘Zero’ cria o que seria o acelerador de partículas mais barato do mundo. Porém, prestes a ser demitido ‘Zero’ aciona o aparelho antes de estar totalmente concluído e acidentalmente acaba indo parar vinte anos atrás, no ano que definiu o resto da sua vida. É nessa volta para o passado que ‘Zero’ encontra a si mesmo e tenta alterar o futuro a partir do dia da festa universidade, dia que moldou toda a sua personalidade.

Esta é mais uma produção nacional que fala sobre amor, mas também sobre as escolhas e o poder que elas têm de mudar o futuro de uma pessoa. Apesar de ser um roteiro sem muita originalidade O Homem do Futuro explora a nostalgia dos anos 90 e surpreende criando um conflito entre o personagem principal, que ao mesmo tempo é vilão e também é mocinho. Um dos trunfos do filme está na trilha sonora, que é toda construída sobre a música Tempo Perdido, de Legião Urbana. Inclusive Wagner Moura e Aline Moraes cantam essa música na festa da universidade, evento que define toda a história do filme.

 

Top