Cientistas criam queijo com bactérias de axilas e pés

Alguns queijos tem cheirinho de chulé, certo? Mas só parecem vindos dos odores dos pés, sendo que tem uma matéria-prima bem diferente. Porém, uma…

Alguns queijos tem cheirinho de chulé, certo? Mas só parecem vindos dos odores dos pés, sendo que tem uma matéria-prima bem diferente. Porém, uma novidade nessa área gastronômica está bem relacionada com o chulé dos pés.

Queijo usa bactérias dos pés e axilas

Tudo bem que o queijo tem como principal ingrediente o leite, mas se não fosse uma ação bacteriana ele não seria o queijo que nós conhecemos. São muitos os tipos de bactérias usadas para fazer queijo, sendo que algumas são vindas das axilas, pés e umbigo. Você arriscaria experimentar esse queijo exótico?

Queijos feitos de bactérias dos pés não é próprio para consumo (Foto: Divulgação)

Segundo o The Independent, as cientistas Christina Agapakis e Sissel Tolaas, uma norte-americana e outra nascida na Noruega, resolveram unir forças e inteligência para desenvolver um projeto chamado SelfMade, que trata-se de uma coleção de 11 queijos, que foram produzidos a partir de bactérias que vivem no corpo humano. Os queijos foram reunidos em uma exposição sobre a biologia sintética, em Dublin, na Irlanda.

Um desses queijos especiais foi produzido a partir dos micro-organismos encontrados no umbigo do escritor Michael Pollan. Outras amostras usadas na produção dos queijos foram retiradas do nariz, pés e até mesmo de lágrimas.

Todo queijo é feito com bactérias (Foto: Divulgação)

Queijo feito com bactérias de partes do corpo humano não foi feito para consumo

De acordo com as pesquisadoras, cada queijo possui o odor do local do corpo do qual foi retirada a bactéria. As fabricantes de queijo, porém, falam que o produto não foi criado para ser consumido, mas funciona como uma inspiração para reflexão sobre a relação dos seres humanos com bactérias.

Leia Também:  Leite materno e amamentação: mitos e verdades

As cientistas declararam que os seres humanos vivem em um mundo biológico cercado por comunidades ricas de micro-organismos. No entanto, elas explicam que vários queijos são feitos de bactérias que não são vindas de áreas do nosso corpo, mas sim, que estão hospedadas em outros lugares e possuem cheiros bem característicos e similares com odores no nosso corpo.

Top