Cientista pretende recriar dinossauro a partir de uma galinha!

Fonte: Wired Magazine Muitas pessoas não acreditam na teoria da evolução das espécies. Para prová-la, o paleontólogo Jack Horner está disposto a fazer o…

Por Redacao em 04/10/2011


Fonte: Wired Magazine

Muitas pessoas não acreditam na teoria da evolução das espécies. Para prová-la, o paleontólogo Jack Horner está disposto a fazer o caminho inverso, segundo a matéria do Wired Magazine. Como se acredita que a galinha é uma evolução natural dos dinossauros, ele pretende fazer modificações genéticas na fase embrionária da ave para transformá-la em um dinossauro.

Mas por que galinhas?

Antigamente, os cientistas pensavam que os parentes mais próximos dos dinossauros ainda presentes na terra eram os répteis. No entanto, após a descoberta de fósseis de um período mais avançado dos dinossauros, foram descobertas evidências de penas. A própria forma com que as aves criam seus ninhos é uma herança genética. Isso faz com que os cientistas acreditem que as galinhas sejam atualmente os parentes mais próximos dos dinossauros.

Fonte: Wired Magazine

Para recriar o “galinhosauro”, Jack Horner não pretende implantar novas funções genéticas à ave, mas apenas reavivar traços adormecidos. Sempre que uma espécie evolui, (altera suas características físicas) ela continua carregando tais traços em seus genes. Somente depois de muito tempo em desuso é que tais características vão sendo efetivamente apagadas do código genético.

Isso explica o porquê do nascimento de animais com anomalias genéticas. Muitas das vezes, se trata apenas de uma característica adormecida que torna a aflorar. Caso o animal não se adapte bem ao meio, a seleção natural o descarta e torna suprimir a característica genética.

Esculpindo o modelo

A partir do esqueleto de uma galinha, Jack Horner explica quais seriam as mudanças para recriar o animal. Primeiro, a causa da ave deveria crescer em torno de umas três vezes para atingir a proporção da de um dinossauro. Com isso, o osso do fêmur deveria se deslocar para trás para reequilibrar seu centro de equilíbrio.

Fonte: Wired Magazine

As asas seriam substituídas por pequenas garras de três dedos, similares às de um Tiranossauro Rex. O bico também deveria perder sua característica lisa e receber alguns dentes. Por fim, a textura da pele da galinha é bastante similar a de um dinossauro (assim como na sua pata), sendo necessário apenas retirar suas penas.

Jack Horner parece extremamente confiante com o projeto e estima que os primeiros resultados devam aparecer já nos próximos anos.

Top