Chuvas em Santa Catarina: Enchentes Assustam Moradores de SC

Santa Catarina está passando por dias de caos devido as chuvas que castigam o estado. Desde a sexta feira (06/09) foram mais de 600…

Imagem: Folha

Santa Catarina está passando por dias de caos devido as chuvas que castigam o estado. Desde a sexta feira (06/09) foram mais de 600 mil pessoas afetadas pelas enchentes. A Defesa Civil divulgava que 34 cidades estão em situação de emergência, e outras duas em estado de calamidade pública.

Os números não deixam por menos. De acordo com reportagem do Jornal Nacional, até o momento as chuvas danificaram 7.284 casas e 61 prédios públicos afetando 779 mil pessoas de 77 municípios. Entre estas pessoas, são 54.686 são desalojados e 7.850 estão desabrigados.

Vítimas:

As prefeituras dos municípios afetados afirmaram que os temporais já deixaram três vítimas, porém a Defesa Civil confirmou somente duas mortes: Em Guabiruba, um homem de 65 anos que morreu ao subir no telhado de sua casa e esta desabou;  e a de um homem eletrocutado quando o remo do barco onde navegava no Bairro Pamplona, em Rio do Sul atingiu um fio de alta tensão. Ele morreu no local enquanto o outro foi levado para o hospital.

Cidades em estado crítico

Segundo o portal G1, as cidades em estado de calamidade são Rio Sul e Brusque. Já as que estão em estado de emergência são: Alfredo Wagner, Angelina, Araquari, Bocaina do Sul, Canelinha, Caçador, Correia Pinto, Florianópolis, Herval D’Oeste, Ilhota, Ituporanga, Içara, José Boiteux, Leoberto Leal, Lindoia do Sul, Major Gercino, Mirim Doce, Monte Castelo, Navegantes, Papanduva, Petrolândia, Pouso Redondo, Porto União, Rio das Antas, Rio dos Cedros, Rodeio, Santo Amaro da Imperatriz, Santa Terezinha, São Domingos, Tijucas, Trombudo Central, Vidal Ramos, Videira e Witmarsum.

Imagem: Folha

Sexta-feira (09/09) o nível do rio Itajaí-Açu, atingiu 12 metros e 60 centímetros, fazendo com que esta seja considerada a pior enchente dos últimos vinte anos. Em Blumenal, 60% da cidade foi afetada por alagamentos e deslizamentos e o comércio não abre as portas há quase dois dias. Ainda de acordo com informações do G1, também é ela que tem o maior número de desabrigados: são 15 mil dependendo de abrigos públicos entre 280 mil afetados pelas chuvas. Já em Brusque, de acordo com dados oferecidos pelo Jornal Nacional, o rio que corta o município subiu 12 metros, e afetou 80% de seus habitantes.

Leia Também:  Perguntas para Formspring.me

O telejornal ainda informou que o governo federal anunciou que pretende liberar R$ 30 milhões para obras de recuperação dos locais atingidos pelas cheias e 3 mil cestas básicas para atender aos desabrigados.

Não é a primeira vez que Santa Catarina sofre com as cheias. Nas enchentes que atingiram o estado em 2008, mais de 200 pessoa morreram devido a deslizamentos e enxurradas.

Top