Choque anafilático: o que é, sintomas

O choque anafilático é uma reação alérgica muito grave e que, quando não devidamente tratada, pode ser fatal! No entanto, é possível prevenir o…

O choque anafilático é uma reação alérgica muito grave e que, quando não devidamente tratada, pode ser fatal! No entanto, é possível prevenir o problema, através da adoção de algumas atitudes, assim como reconhecer os sinais iniciais do acometimento. Conheça abaixo, algumas informações sobre o que é o choque anafilático, incluindo seus sintomas.

Saiba como tratar a alergia à exercícios físicos. 

Diante de um quadro de choque anafilático, é ideal buscar a orientação de um especialista. (Foto: divulgação)

Conhecendo mais sobre o choque anafilático

O choque anafilático ou a anafilaxia, é uma reação alérgica muito grave e potencialmente fatal. É importante relembrar que toda alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico (de defesa) do indivíduo. Dentre todos os elementos existentes, os que são potencialmente alergênicos são: as comidas, as picadas de insetos e as drogas.

Saiba mais sobre as causas de choque anafilático

Separamos abaixo alguns exemplos de elementos alergênicos. São eles:

  • Comidas – derivados do leite, ovos, peixes, furtos do mar, soja e amendoim;
  • Picadas de inseto;
  • Antibióticos, em especial, os derivados da penicilina;
  • Anti-inflamatórios;
  • Anti-hipertensivos;
  • Látex;
  • Iodo.

Em alguns casos restritos, ainda existe a anafilaxia idiopática, ou seja, a que ocorre sem causa definida.

Os insetos são os principais responsáveis pelas reações alérgicas. (Foto: divulgação)

Conheça os sinais e sintomas do choque anafilático

De forma geral, o quadro de choque anafilático costuma ocorrer em pacientes com histórico de alergias. Seu quadro é imprevisível, ou seja, pode apresentar diversos tipos de manifestações clínicas. Independente disso, o quadro costuma aparecer e até uma hora, após o contato com a substância alergênica. Conheça abaixo quais são os sintomas mais comuns da anafilaxia.

  • Urticária – é um tipo de erupção da pele, caracterizada por placas avermelhadas e muita coceira, em todo o corpo;
  • Angioedema – é caracterizado por inchaço da pele ou da mucosa. Os locais mais acometidos são ao redor dos olhos, nos lábios e a língua.
Leia Também:  Anvisa autoriza venda de teste de HIV na farmácia

Outros sintomas que também podem estar relacionados ao problema:

  • Asma;
  • Conjuntivite;
  • Congestão nasal;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Tonturas;
  • Hipotensão.

Em casos mais graves de choque anafilático, o indivíduo pode apresentar dificuldade respiratória, além de problema circulatório. Diante disso, caso ele não seja adequadamente medicado, pode vir a óbito em instantes.

Saiba um pouco mais sobre o tratamento do choque anafilático

O indivíduo com manifestações clínicas de anafilaxia deve ser imediatamente levado para um local com atendimento especializado. Em geral, o tratamento é feito baseado nos sinais e sintomas do paciente, sendo baseado no uso de adrenalina, corticoides, broncodilatadores e anti-histamínicos.

A falta de ar é um dos sintomas do choque anafilático. (Foto: divulgação)

O choque anafilático é um quadro muito grave e que necessita de tratamento especial. Após conhecer alguns sinais e sintomas do quadro, é ideal, buscar a orientação de um especialista, de modo a evitar qualquer consequência futura.

Saiba como tratar a picada de marimbondo.

Top