Certificação digital em condomínios

Você já providenciou o certificado de seu condomínio? Não? Corra para agilizar este processo! A Caixa Econômica Federal já avisou que é preciso estar…

Por Redacao em 05/01/2016

Você já providenciou o certificado de seu condomínio? Não? Corra para agilizar este processo! A Caixa Econômica Federal já avisou que é preciso estar em dias com esta certificação. Mas, o que se percebe é que muita gente ainda está perdida neste assunto. Para esclarecer suas dúvidas e orientá-lo, o Mundo das Tribos apresenta as informações básicas sobre certificação digital em condomínios.

Certificação digital em condomínios (Foto: MdeMulher)

Certificação digital em condomínios (Foto: MdeMulher)

Certificação digital em condomínios

A certificação digital em condomínios tem por objetivo facilitar as transações efetuadas pelo síndico ou administradores dos condomínios na hora de utilizar a conectividade social. Bem sabemos que através da conectividade social é possível ter acesso a informações de RAIS, FGTS, INSS, etc.

Leia aqui: Curso Gratuito de Manutenção de Condomínio do SENAI

A certificação digital traz maior segurança (Foto: MdeMulher)

A certificação digital traz maior segurança (Foto: MdeMulher)

Dúvidas frequentes

Agora, a dúvida de muita gente é: E se o condomínio não tiver funcionários? Mesmo assim é preciso fazer a certificação digital? A resposta é positiva visto que muitos contratam profissionais para a prestação de serviço. Com isto, utilizam o Recibo de Pagamento Autônomo – RPA para registrar o pagamento do serviço, bem como os recolhimentos de INSS, ISS, Imposto de renda. Portanto, a informação é que não há exceção. Todos precisam possuir a certificação digital.

É importante ter em mãos toda documentação para fazer a certificação digital (Foto: Divulgação)

É importante ter em mãos toda documentação para fazer a certificação digital (Foto: Divulgação)

Documentos para a certificação digital

Já sabe quais os documentos necessários? É preciso ter em mãos os documentos abaixo descritos (originais e xerox), veja:

– Instituição do condomínio (este documento é disponibilizado através do Cartório de Imóveis);

– Especificação do condomínio (documento feito se a construtora projetar o condomínio);

– Convenção do condomínio;

– Cartão do CNPJ do condomínio;

– Ata de eleição do síndico;

– RG e CPF do síndico juntamente com comprovante de residência.

Mais informações aqui: O que fazer para evitar assaltos em condomínios

As transações do condomínio ficam mais facilitadas (Foto: Divulgação)

As transações do condomínio ficam mais facilitadas (Foto: Divulgação)

Para ter a certificação é preciso:

– Conversar com uma Autoridade de Registro de sua região para saber se você poderá emitir a certificação pela internet ou através de algum órgão.

– Faça o pagamento da taxa. O valor é de R$ 470,00 (se quiser o cartão inteligente com leitora ou Token USB) ou R$ 300,00 (se for adquirir apenas o cartão inteligente). Salientamos que o certificado tem validade por 36 meses. Vale lembrar que os valores das taxas podem sofrer alterações de acordo com a data da inscrição.

– Feito o pagamento, é só agendar o dia para que o síndico se desloque até a Autoridade de Registro para apresentar os documentos e solicitar a certificação digital.

Portanto, não deixe de agilizar o processo para adquirir o Certificado Digital do seu Condomínio. Lembre-se: Para garantir o tranquilo funcionamento de seu condomínio, é preciso possuir o Certificado Digital!

Top