Celulite – quais os melhores tratamentos

A lipodistrofia ginóide, conhecida popularmente como ‘celulite’, é um mal que atinge até 95% das mulheres. Isso ocorre principalmente nas fases onde elas se…

Por Editorial MDT em 24/12/2011

A celulite é um problema que incomoda muitas mulheres

A lipodistrofia ginóide, conhecida popularmente como ‘celulite’, é um mal que atinge até 95% das mulheres. Isso ocorre principalmente nas fases onde elas se encontram mais sujeitas às alterações hormonais, como puberdade, uso de anticoncepcionais e gravidez. É uma das principais queixas em relação à estética.

☰ CONTEÚDO

O que é a celulite?

A celulite é uma doença do tecido subcutâneo que consiste no depósito irregular de gordura. Por isso, forma saliências e depressões na pele, conferindo a tão temida aparência de casca de laranja ou de colchão. Essa característica causa incômodo e geralmente leva à procura de uma solução para o problema.

Sua natureza não é completamente conhecida e é provavelmente multifatorial, relacionando-se predisposição genética, fatores hormonais, alterações metabólicas, de microcirculação e imunológicas. Pode ser agravada por diversos fatores, dentre os quais podemos destacar: alimentação inadequada, sedentarismo, transtornos ortopédicos, disfunção hepática e/ou gastrointestinal, uso de bebidas alcoólicas, cigarro, excesso de sal, estresse e obesidade.

Dicas para diminuir a celulite:

  • Evite estar acima do peso. Diminuindo a espessura da camada de tecido adiposo, você diminui o local sede desse distúrbio. O mais importante é uma reeducação alimentar, alterando os hábitos não saudáveis que te fazem engordar.
  • Pratique atividades físicas. Reeducação alimentar não é o único meio para se manter no peso. O sedentarismo não ajuda em nada e pode maximizar o efeito de agravantes como o estresse. Faça seu exercício favorito. Caminhada ao ar livre, natação, pedalada, ou ginástica são boas opções e com certeza algum deles se encaixará no seu estilo de vida.
  • Atenção para com seu estado emocional. O estresse leva a um desequilíbrio de todo o organismo. Ele diminui a vontade de praticar exercícios e aumenta a ansiedade, o que pode acarretar ganho de peso.
  • Deixe o cigarro de lado. Além da ingestão de diversas substâncias tóxicas e potencialmente nocivas presentes no cigarro, há a produção de radicais livres, que provocam danos celulares e contribuem para o envelhecimento precoce. Além disso, agridem as células do endotélio vascular (que revestem o interior dos vasos sanguíneos), resultando em dificuldade de oxigenação dos tecidos.
  • Hidrate-se. A ingestão abundante de água estimula a função renal e a eliminação de toxinas.
  • Cuidado com a ingestão de sal. Fique atento ao consumo de sódio, que pode ser facilmente encontrado em alimentos industrializados como conservas, temperos prontos e refrigerantes.

Melhores tratamentos

A celulite ainda não tem cura definitiva, mas existem diversos tratamentos que apresentam resultado estético satisfatório, devolvendo a autoestima a quem quer usar aquele biquíni sem se preocupar.

Mesoterapia: São aplicadas substâncias que irão promover a quebra da gordura, além de melhorar a perfusão desses tecidos, propiciando sua reabsorção e diminuindo assim o edema. É necessário um mínimo de dez sessões, para se obter um bom resultado.

Subcisão: É uma técnica que necessita de anestesia local e consiste no rompimento das fibras que ligam a superfície da pele ao subcutâneo e que provocam o rebaixamento da epiderme, dando o aspecto característico de casca de laranja. Para isso, utiliza-se uma agulha com ponta cortante, que é inserida abaixo das lesões. Esse procedimento só pode ser realizado por médicos e requer o uso de meias elásticas e curativos oclusivos, pois podem formar hematomas que somem após 20 dias. É o único tratamento reconhecido pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Carboxiterapia: É o tratamento mais moderno e está indicada para os casos mais leves de celulite. Consiste na aplicação de gás carbônico na hipoderme, aumentando a firmeza da pele por estimular a produção de colágeno, além de proporcionar uma melhora na nutrição das células e diminuição do inchaço.

Cremes: Geralmente são usados como método auxiliar a outros tratamentos. Estimulam a quebra de gordura, melhoram o fluxo sanguíneo local e homogeneíza a superfície da pele. Não atinge as camadas mais profundas de gordura

Drenagem linfática: Permite a reabsorção de água e gordura que se acumulam na hipoderme; é um método auxiliar que geralmente está associado à mesoterapia.

Endermologia: Consiste numa massagem vigorosa realizada por um aparelho, que promove a sucção da pele, enquanto ela é comprimida por dois rolos e que resultam numa melhor redistribuição da gordura no subcutâneo.

 

A carboxiterapia é o tratamento mais moderno e está indicada para os casos mais leves de celulite.

Top