Castrar animal de estimação: motivos, benefícios

Os animais domésticos estão propensos a adquirir muitas doenças, principalemtne aqueles que vivem nas ruas. Porém, este último faz parte de um grupo muito…

Por Redacao em 24/02/2012

Motivos para castrar seu bicho de estimação(Foto:Divulgação)

Os animais domésticos estão propensos a adquirir muitas doenças, principalemtne aqueles que vivem nas ruas. Porém, este último faz parte de um grupo muito vulnerável e que requer atenção. Além disso,  outra questão que também deve ser levada em consideração é a necessidade de existir um equilíbrio entre o número da população destes animais.  Para que isso aconteça é necessário que se seja feita a castração dos bichos de estimação.

Além de desestimular a reprodução, a castração também traz muitas vantagens. Ajuda a evitar algumas doenças como inflamação do útero, diminui as chances das fêmeas terem câncer de mama e pode tornar o macho menos agressivo. Caso tenha um casal de cães ou gatos na sua casa e  deseja que eles copulem é preciso que seja feita a castração para que não haja uma reprodução indesejada.

As vezes é preciso castrar o animal de estimação (Foto:Divulgação)

Para algumas pessoas torna-se polêmico o assunto da castração, principalmente quando são machos, mas lembre-se de que os animais domésticos não possuem nenhum tipo de relação afetiva entre eles. Tanto cães como gatos possuem relações apenas para a reprodução.

As fêmeas castradas possuem muitos benefícios, pois a retirada do útero evita as confusões e sujeiras a cada seis meses, as doenças em seus órgãos sexuais, a gravidez psicológica e as inflamações nas mamas. É aconselhável também que a castração delas seja feita antes do primeiro cio, pois as chances de ter câncer de mama é praticamente nula. Não se preocupe, pois a cadela ou a gata não se sentirá frustrada por não ter tido filhotes, essa característica é exclusividade de humanos.

O animal castrado evita doenças (Foto:Divulgação)

A castração em machos também traz muitas vantagens que podem interessar seus donos, como por exemplo, elimina aquele momento constrangedor onde seu cão pode tentar copular com a perna de um visitante. Se ela for feita antes do animal fazer um ano de idade é eliminada as chances de ter demarcações de território pela casa.

É importante saber que os machos não perdem atração pelas fêmeas, pode haver  o cruzamento, mas não haverá a reprodução. Os machos correrão menos riscos de apresentar tumores nos testículos e de se manifestarem de forma agressiva por motivos de excitação sexual. Em ambos, a cirurgia para que seus órgãos reprodutores sejam retirados pode ajudar a evitar a perpetuação de doenças como a epilepsia, catarata juvenil, displasia coxo-femural, entre outras, que são doenças geneticamente transmissíveis.

A castração é uma forma de se evitar muitas doenças, desde que seja feita antes do primeiro cio em fêmeas e antes do primeiro ano em machos. Consequentemente seu pet será um animal muito mais saudável em todas as épocas da vida.

Top