Como usar Cartão Virtual na maquininha?

redacao b 04/06/2022 Notícias

Muitos estabelecimentos comerciais possibilitam que o cliente use um cartão virtual na maquininha para fazer pagamentos. Isso é feito a partir do uso da tecnologia de pagamento por aproximação e pode ser bem útil, além de ser seguro.

Para usar um cartão virtual na maquininha, no entanto, é necessário já ter um cartão de crédito físico, pois a cobrança da versão virtual é feita na fatura deste último.

Mas, antes de realizar compras por aí e pagar com o cartão virtual na maquininha, é importante saber como isso funciona de fato. Existem algumas características desse tipo de produto que devem ser conhecidas antes de fazer uso dele, e nesse texto, abordaremos o tema para explicá-lo melhor. Continue a leitura e saiba mais!

O que é um cartão virtual?

Usar o cartão virtual na maquininha é perfeitamente possível, mas primeiro, é bom saber o que é esse produto.

O cartão virtual é simplesmente uma versão virtual de um cartão de crédito físico que tem, no entanto, uso único. A operadora pode gerar, a partir do pedido do cliente, um número de 16 dígitos, uma data de validade e um código CVV específicos para que o usuário use em uma única compra. Depois disso, não dá para reutilizar essas informações.

O que é um cartão virtual

Fonte/Reprodução: original

A cobrança por essa compra feita com o cartão virtual é realizada por meio da fatura do cartão físico, já que os dois são administrados pela mesma empresa.

No geral, esse tipo de cartão é criado para ser usado em compras online, mas também serve para as lojas físicas.

Uma grande vantagem do uso do cartão virtual na maquininha ou em compras feitas na internet é que ele só tem um uso, ou seja, depois que for utilizado para o pagamento da compra, os dados dele não têm mais validade, o que confere bastante segurança ao produto e evita roubo de dados e possíveis fraudes.

Como funciona?

Na hora de realizar a compra, basta escolher a forma de pagamento com o cartão (débito ou crédito) e fornecer as informações pedidas: o número do cartão, o CVV e a data de validade. Não é preciso digitar nenhuma senha. Depois disso, é só confirmar a compra e pronto!

Como utilizar o cartão virtual na maquininha?

Para usar o cartão virtual na maquininha em estabelecimentos comerciais, é necessário que o celular do cliente esteja habilitado para usar a tecnologia de pagamento por aproximação. Como o cartão não é físico, o aparelho telefônico deve funcionar como o objeto que deve interagir com a maquininha para confirmar o pagamento.

Como utilizar o cartão virtual na maquininha

Fonte/Reprodução: Original

Além disso, só é possível usar o cartão virtual na maquininha se a própria máquina também contar com o recurso que garante o recebimento de pagamentos por aproximação.

Como usar o cartão virtual em loja física?

Para utilizar o cartão virtual na maquininha na loja física, o cliente deve primeiro gerá-lo (isso é feito junto ao banco do seu cartão físico). Depois, basta cadastrá-lo em plataformas como o Google Pay ou Apple Pay e informar ao atendente da loja que deseja fazer o pagamento por aproximação. Após escolher se é crédito ou débito, é só aproximar o aparelho celular da máquina e confirmar a transação.

Como criar um cartão virtual?

Cada instituição tem sua própria forma de gerar o cartão virtual, mas, quase todas elas fazem isso por meio de seus aplicativos.

Para gerá-lo, o cliente deve acessar o App de seu banco, procurar pela opção “cartão virtual” (algumas vezes pode ser “cartão online”) e fazer a solicitação. O banco deve emitir o número e as outras informações do cartão virtual para, então, ele ser usado.

Com essa simplicidade é possível conseguir usar o cartão virtual na maquininha ou mesmo em lojas online. Mas, é importante enfatizar que, para conseguir um, o cliente já deve possuir um cartão de crédito físico do seu banco.

Outros artigos

Remédio caseiro para parar de fumar

20/02/2013

Remédio caseiro para parar de fumar

A dependência do cigarro pode causar vários problemas. Além de incomodar quem está por perto, a fumaça inalada pelos pulmões pode provocar doenças respiratórias e at...