Cartão de visitas: como usar, dicas

Assim como o currículo, o cartão de visitas reflete a sua imagem diante do mercado de trabalho. Por isso, é necessário ter atenção no…

Por Élida Santos em 15/03/2012

A distribuiçao de cartões de visita é fundamental no mundo corporativo (Foto: Divulgação)

Assim como o currículo, o cartão de visitas reflete a sua imagem diante do mercado de trabalho. Por isso, é necessário ter atenção no momento do seu planejamento, confecção e entrega. Atualizações na hora da distribuição do item, como alterar o telefone na hora que for entregá-lo demonstra falta de organização e capricho. Nessas situações o mais apropriado é mandar imprimir novos cartões com os dados corretos antes que as mudanças ocorram. Para lhe auxiliar no manuseio e formatação de seu cartão de visitas separamos algumas dicas:

1 – Profissional

O primeiro passo para que um profissional tenha um cartão de visitas de acordo com a imagem que quer passar, é procurar uma gráfica e um designer para o desenvolvimento do cartão. Algumas pessoas optam por fazer sozinhas o item, mesmo sem ter conhecimento no assunto, o problema é que nem sempre a economia inicial se reflete no resultado. Se o produto final ficar com características amadoras é melhor fazê-lo novamente em uma gráfica.

2 – Menos é mais

Não exagere nas informações do cartão. O ideal é adicionar cargo ou profissão, fax, telefone, e-mail e site. Se a companhia tiver um logotipo não esqueça de utilizá-lo. Se precisar incluir mais dados opte pelo cartão duplo. Seja prático e não escolha letras de difícil compreensão. Com relação as cores use no máximo três, que combinem entre si. O tipo de papel também deve ser levado em consideração, escolha um resistente e que seja possível fazer anotações, caso a pessoa que o receba necessite adicionar uma informação. Antes de mandar para uma gráfica faça uma revisão gramatical, para evitar erros, inclusive, de digitação.

A linguagem do cartão deve ser simples e direta (Foto: Divulgação)

3 – Armazenamento e distribuição

E a terceira e última dica é sobre a conservação e manuseio dessa ferramenta de trabalho. Tenha no mínimo dois porta cartões, sendo que deve ser separado para os itens que você recebe de clientes e fornecedores, e no outro suporte deixe os seus cartões de visita. Na falta de um porta cartão guarde em um local de fácil acesso, onde o papel não suje ou amasse. Entregar o material danificado está fora de cogitação. Deixe o material a postos para ser distribuído no momento certo, sem complicações, como por exemplo, após reuniões e almoços corporativos.

Top