Cartão de crédito clonado: quais os direitos

A clonagem de cartão de crédito e débito é um problema que prejudica milhares de brasileiros. A vítima do golpe pode sofrer com uma…

A clonagem de cartão de crédito e débito é um problema que prejudica milhares de brasileiros. A vítima do golpe pode sofrer com uma série de dores de cabeça, como saques não autorizados ou compras indevidas.

Se o cartão foi clonado, o consumidor tem o direito de exigir providências da operadora. (Foto:Divulgação)

As fraudes com cartão de crédito são comuns, principalmente quando envolvem pequenos valores. Elas comprometem a segurança de qualquer conta bancária e podem gerar sérios prejuízos financeiros. Os fraudadores buscam o máximo de dados possíveis de sua vítima, tudo para facilitar a compra de bens e serviços através do cartão clonado.

Saiba mais: Clonagem de cartão de crédito: esclareça as dúvidas

Direitos de quem teve o cartão clonado

Quem teve o cartão clonado não é obrigado a pagar uma dívida que não fez. Veja a seguir quais são os direitos do consumidor:

• A clonagem é uma falha nos serviços da operadora do cartão, por isso ela deve se responsabilizar pelo problema;

• A operadora do cartão tem a obrigação de estornar o dinheiro, evitando assim o prejuízo financeiro do cliente por causa de uma fraude;

• O consumidor tem o direito de receber o número do protocolo do atendimento;

Se a operadora do cartão não resolver o problema, é recomendado recorrer ao Procon. (Foto:Divulgação)

• O cliente pode exigir que a administradora do cartão investigue as compras fraudadas. A empresa normalmente dispõe de tecnologia para descobrir onde e em que horário o pagamento com cartão clonado foi feito;

• É importante que o consumidor realize um boletim de ocorrência para ter segurança jurídica;

• Se a operadora do cartão não cumprir com a solução que propôs dentro do prazo estimado, o consumidor tem o direito de procurar um órgão de defesa para registrar uma reclamação, como o PROCON. Na Justiça, existe a possibilidade de abrir um processo por danos morais e materiais;

Leia Também:  Curso: Acessibilidade para Deficientes Visuais

• Ao pagar indevidamente a fatura, o consumidor tem direito a reinstituição em dobro.

Como evitar clonagem de cartão?

Alguns cuidados básicos ajudam evitar a clonagem de cartão. (Foto:Divulgação)

Confira a seguir dicas para evitar a clonagem de cartão:

• O cartão é um recurso pessoal, por isso ele não pode ser entregue a qualquer pessoa para realizar uma transação;

• Os e-mails de bancos não devem ser abertos, pois eles facilitam o roubo de dados. As instituições financeiras avisam que não trabalham com este tipo de comunicação;

• Os clientes devem evitar os cartões sem chip, pois eles reduzem a segurança;

• Ao fazer uma compra pela internet, é necessário verificar se a loja virtual realmente transmite confiança;

• O cliente deve tirar dinheiro em um caixa eletrônico dentro do banco, pois nem todos os terminais são confiáveis;

• Não é recomendado assinar o verso do cartão;

• É importante proteger o código de segurança.

Veja também: Invadir computadores e clonar cartões pode virar crime

Top