Carência afetiva: como lidar

O sentimento de carência é algo que acontece com todas as pessoas em alguns momentos da vida. A carência afetiva pode ser mais ou…

O sentimento de carência é algo que acontece com todas as pessoas em alguns momentos da vida. A carência afetiva pode ser mais ou menos intensa, pode durar muito tempo ou pouco e algumas pessoas vivem em um estado de carência para vida inteira. Veja como lidar com a carência afetiva.

A carência afetiva é um problema que pode afetar o relacionamento das pessoas. (Foto: divulgação)

Carência afetiva

O que acontece na maioria dos casos é que não fomos habilitados para suprir nossas carências, pelo menos por um tempo. Em alguns casos esse suprimento afetivo só é suprido se estivermos com um parceiro ou parceira. Não é a toa que muitas pessoas não conseguem ficar sozinhas.

Temos diversas fontes de afeto que não são reconhecidas, pois nossa cultura quase exige que estejamos namorando ou casados. Apesar de não ser uma garantia para a plenitude afetiva. Por conta dessa crença ficamos menos seletivos e acabamos entrando em relacionamentos que são transformados em sofrimento quando acabam os encantos.

O medo da solidão nos leva a se envolver com pessoas sem caráter, desrespeitosas, na ilusão de que estar junto com alguém estamos livres da carência. Não nos damos conta de que continuamos esvaziados de afeto, implorando amor e atenção.

Pessoas com carência afetiva sofrem muito. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para fazer o relacionamento durar mais 

Como lidar com a carência afetiva

1.  Quando se sentir carente, veja os demais setores da sua vida e perceba o quanto está perdendo tempo pensando que sua carência pode ser suprida em um relacionamento a dois;

2. Preste mais atenção na sua família, por mais que vocês tenham problemas eles demonstram amor das mais variadas formas. Seus filhos, amigos e colegas de trabalho podem ajudar a suprir suas carências de forma saudável e natural;

Leia Também:  Estilo de Maria Casadevall: roupas, acessórios

3. Se você aprende a reconhecer as atitudes afetivas, você passa a se sentir mais suprido e feliz;

4. Dê valor as suas qualidades e aprenda a reconhecer as coisas boas que você faz e a pessoa bacana que você é.

A carência afetiva pode ser tratada com terapia. (Foto: divulgação)

Veja também amor em crise, como salvar o relacionamento

A carência afetiva em excesso pode ser prejudicial para o relacionamento do indivíduo na sociedade. É preciso saber lidar com esse problema. Uma boa dica é valorizar as coisas simples da vida, como a família, amigos e as pequenas atitudes de afeto movidas por eles.

Top