Cardeais mais cotados para ser o novo papa

Na última segunda-feira (11), o Papa Bento XVI anunciou que vai renunciar ao cargo. Ele vai deixar o papado oficialmente no dia 28 de…

Na última segunda-feira (11), o Papa Bento XVI anunciou que vai renunciar ao cargo. Ele vai deixar o papado oficialmente no dia 28 de fevereiro e a Igreja Católica terá que escolher um sucessor o quanto antes.

Angelo Scola. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Papa Bento XXI renuncia pontificado dia 28 de fevereiro

Em seu comunicado sobre a renúncia, Joseph Ratzinger falou que não tem mais vigor físico para cumprir os deveres como papa. Com 85 anos, o santíssimo também está com idade avançada e saúde frágil para dar conta da agenda repleta de responsabilidades.

Bento XVI assumiu o papado em abril de 2005, após a morte de João Paulo II. Ele ficou sete anos a frente da Igreja Católica e durante o seu mandato teve que lidar com uma série de polêmicas, como o abuso sexual cometido por padres.

A votação para a escolha do novo papa será feita por um grupo de 119 cardeais (conclave) aptos ao voto (com mais de 80 anos de idade), de acordo com a última lista divulgada pelo Vaticano. Nesta relação aparecem cinco representantes brasileiros.

Os nomes mais cotados para suceder Bento XVI

Conheça os nomes dos cardeais mais cotados para ser o novo papa:

Angelo Scola
Nas discussões informais que estão acontecendo em Roma, o nome mais cotado para suceder Bento XVI é Angelo Scola. O candidato italiano é arcebispo de Milão, foi ordenado em 1970 e formou-se doutor em filosofia e teologia.

Peter Turkson. (Foto:Divulgação)

Peter Turkson
Peter Turkson, de 64 anos, é cardeal de Gana e um dos favoritos ao papado. Ele estudou em Nova York e Roma antes de se tornar padre, em 1975. Possui grande popularidade na África.

Leia Também:  As famílias brasileiras estão ficando menores, porém, mais abertas, segundo Censo 2010

Marc Ouellet
Marc Ouellet nasceu no Canadá, é poliglota e se destaca como uma das figuras mais poderosas do Vaticano. Depois de estudar em duas universidades renomadas, passou anos vivendo e lecionando na Colômbia. Hoje, com 68 anos, Marc é o candidato favorito dos religiosos latino-americanos.

Francis Arinze
Francis Arinze é natural da Nigéria e atualmente está com 80 anos. Ele estudou em uma escola missionária desde a infância e descobriu vocação para ser padre. Em 1958, foi ordenado e passou a dar aulas, tanto em seu país natal como também na Inglaterra. Francis já chegou a liderar o conselho responsável pelo relacionamento do Vaticano com outras religiões.

Odilo Scherer
O brasileiro Odilo Scherer tem boas chances de se tornar papa, afinal, existe a possibilidade dos cardeais elegerem um latino-americano como líder da Igreja Católica. Com 63 anos de idade, Odilo é arcebispo da diocese de São Paulo.

Leonardo Sandri. (Foto:Divulgação)

Leonardo Sandri
O argentino Leonardo Sandri, de 69 anos, é um dos favoritos para suceder Bento XVI, afinal, ele trabalha no Vaticano como Prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais e foi Vice-Secretário de Estado.

Veja também: Como será escolhido o novo Papa

Top