Cantores que não usam auto-tune

O auto-tune é um programa de edição de áudio muito usado no mundo da música para corrigir imperfeições da voz. Este photoshop sonoro se…

Por Isabella Moretti em 19/09/2012

O auto-tune é um programa de edição de áudio muito usado no mundo da música para corrigir imperfeições da voz. Este photoshop sonoro se revela a solução para os cantores que costumam desafinar durante as gravações, mas também pode ser usado para fazer modificações específicas no single, como é o caso da voz robótica.

O auto-tune é um programa que corrige imperfeições da voz e adiciona efeitos. (Foto:Divulgação)

Saiba mais sobre o auto-tune

Considerado um recurso onipotente nos estúdios de gravações, o auto-tune contribui com o trabalho de muitos artistas, principalmente aqueles que pertencem a pop music. Embora seja um software muito usado, o auto-tune criado pela Antares Technologies, é apenas uma das opções para corrigir imperfeições da voz e incluir efeitos. Outro programa muito usado para esta mesma finalidade é o Melodyne.

O auto-tune ganhou espaço no mercado da música na segunda metade da década de 90. Entretanto, ele só se tornou popular quando foi usado por Cher, na gravação da música “Believe”. A geração 2000 foi marcada então pelo auge do auto-tune, principalmente por causa do sucesso da voz metalizada.

Saiba mais: Auto-Tune: cantores que mais usam

Sem auto-tune: cantores que dispensam o recurso

Hoje, existe certo preconceito com os famosos que recorrem ao auto-tune. O recurso pode até disfarçar a má afinação, mas não resolve as falhas de uma apresentação ao vivo. Pelo fato do programa criar um efeito artificial na voz, muitos cantores não são adeptos a tendência.

Veja a seguir os músicos que não usam auto-tune:

Michael Bublé desaprova o uso de auto-tune. (Foto:Divulgação)

Michael Bublé
Michael Bublé já ganhou vários prêmios pelo seu trabalho, inclusive três Grammy e vários Juno Awards. Com um currículo assim, o cantor canadense tem todo o direito de renegar a geração do auto-tune. Em entrevista para o Daily Telegraph, ele afirmou que o photoshop sonoro arruinou os músicos da atualidade.

Adele não precisa de auto-tune. (Foto:Divulgação)

Adele
Adele é uma das poucas vozes femininas da música internacional que não recorre aos ajustes do auto-tune. Graças ao trabalho realizado até então, a cantora britânica já quebrou vários recordes, superando grandes ícones da música, como Os Beatles, Whitney Houston e Madonna.

Maria Rita não é fã de auto-tune. (Foto:Divulgação)

Maria Rita
A cantora brasileira também preserva a sua voz e despensa o uso do auto-tune para fazer retoques em suas músicas.

Zizi Possi preserva a sua voz pura. (Foto:Divulgação)

Zizi Possi
Com uma voz pura e delicada, Zizi Possi continua conquistando os seus fãs e rejeitando as influências tecnológicas para melhorar a afinação.

Jay-Z já fez uma música contra o auto-tune. (Foto:Divulgação)

Jay-Z
O rapper é inimigo declarado do photoshop sonoro, por isso em 2009 lançou uma música chamada D.O.A. (Death of Auto-Tune), na qual proclama a morte do auto-tune.

Christina Aguilera também desaprova o auto-tune. (Foto:Divulgação)

Christina Aguilera
Ao renegar o auto-tune, Aguilera vai contra as tendências do seu gênero musical. A maioria dos artistas da pop music são adeptos ao programa que altera a voz.

Veja também: Auto-Tune: o que é

Top