Caneta abrigada no estômago de uma mulher há 25 anos ainda escreve

Caneta abrigada no estômago de uma mulher há 25 anos ainda escreve

Especialistas britânicos removeram do estômago de uma mulher uma caneta engolida por engano há 25 anos, e o mais chocante é que o objeto…

Por Editorial MDT em 23/12/2011

Imagem: (Foto Divulgação)

Especialistas britânicos removeram do estômago de uma mulher uma caneta engolida por engano há 25 anos, e o mais chocante é que o objeto ainda escreve, de acordo com um relatório da revista ‘British Medical Journal’.

Há 25 anos, a mulher – atualmente com 76 anos – utilizava uma caneta em frente ao espelho para analisar os pontos brancos em suas amídalas. O objeto acidentalmente escorregou para dentro da boca e foi engolido.

Os exames de raio-X realizados na época não apontavam nada. A caneta permaneceu alojada em seu estomago até agora, pois ninguém acreditou no fenômeno contado por ela na época.

Neste ano, um novo exame conseguiu detectá-la. O utensílio foi removido por meio de um procedimento endoscópico que precisou de anestesia geral.

Os médicos se espantaram ao comprovar que a caneta ainda escrevia. Eles anexaram ao relatório que enviaram à revista uma foto que apontava a palavra ‘Hello” (‘Olá’ em português), escrita em um papel com o objeto removido.

Apesar da pontiaguda, a caneta não originou lesões ao estômago da mulher durante todos esses anos.

‘Os exames de raio-X aplicados à região abdominal podem não detectar objetos de plástico que tenham sido ingeridos. Por isso, em algumas ocasiões, é preciso confiar na palavra do paciente, por mais estranho que possa parecer o que conta’, finaliza o artigo.

Top