Candidatos deficientes ganharão mais tempo para fazer o Enem

Os Candidatos deficientes ganharão mais tempo para fazer o Enem 2015. Nas mais recentes edições o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) vem…

Candidatos deficientes ganharão mais tempo para fazer o Enem (Foto: Divulgação)

Os Candidatos deficientes ganharão mais tempo para fazer o Enem 2015. Nas mais recentes edições o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) vem aprimorando não só o manual com orientações, mas também no preparo das equipes aplicadoras do exame. A proposta é tornar o exame nacional do ensino médio o mais acessível possível aos mais diferentes tipos de candidatos.

Saiba os grandes segredos do Enem

Candidatos deficientes ganharão mais tempo para fazer o Enem

O atendimento especializado e específico é previsto em lei e é por isso que os candidatos deficientes ganharão mais tempo para fazer o Enem. De acordo com o edital publicado no ano passado, os candidatos que têm baixa visão, cegueira, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdocegueira, dislexia, déficit de atenção, autismo, discalculia ou com outra condição especial podem exigir um atendimento especializado para fazer a prova. É oferecido o atendimento específico a gestantes, mulheres com bebê de colo, idosos, estudantes em classe hospitalar e sabatistas.

Pare o que está fazendo e comece agora a preparação para o Enem

Como solicitar

Pedido deve ser feito online no momento da inscrição (Foto: Divulgação)

O portador de necessidades especiais ou específicas deve comunicar a organização do exame, o Inep, no ato da inscrição ao preencher o campo sobre possíveis dificuldades. É importante também selecionar os recursos para auxiliar o candidato no ato da prova, como braile, letra ampliada, tradutor-intérprete de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e outros.

Saiba mais informações sobre: Prorrogada Inscrição Para O Enem 2015

Tempo adicional

A duração da prova é de 4 horas e 30 minutos no sábado e no domingo é de 5 horas e meia. Mas com algum tipo de dificuldade, é normal necessitar de um tempo maior para concluir o vestibular e a pessoa deficiente tem este direito. No ato da inscrição, é preciso já comunicar a necessidade do tempo adicional para a realização da prova. E no dia, o estudante deverá preencher um requerimento que estará disponível na sala confirmando o uso das horas a mais.

Ficha de tempo adicional deverá ser preenchida no dia da prova (Foto: Divulgação)

Critérios de avaliação

Outro ponto importante das mudanças do exame nacional do ensino médio para pessoas com deficiência é o critério diferenciado para avaliação da prova. O Enem trabalha com parâmetros para identificar o perfil, habilidade e competência do aluno e o mesmo funciona para a pessoa com algum tipo de deficiência. De acordo com seus conhecimentos e limites, o candidato será avaliado e a partir disso é que saíra o resultado individual. Portanto, prepara-se para as inscrições, que começará neste mês, e para as provas que serão aplicadas em novembro.

Leia Também:  Financiar Apartamento Pela Caixa - Imóveis à Venda

Leia mais informações sobre: Simulado do Enem

Cada aluno será avaliado de acordo com suas habilidades e competências (Foto: Divulgação)

Neste tempo, estude e levante todas as dúvidas possíveis para não deixar nada para última hora. Quem quiser mais detalhes pode acessar o www.inep.gov.br ou entrar em contato com a central de atendimento do programa ‘Fala Brasil’ através do telefone 0800-616161.

Top