Canadá faz parceria com universidades brasileiras

Em uma missão internacional com 30 reitores de universidades, o Canadá fechou 75 acordos de parceria, colaboração e bolsas de estudo com pelo menos…

Em uma missão internacional com 30 reitores de universidades, o Canadá fechou 75 acordos de parceria, colaboração e bolsas de estudo com pelo menos 27 universidades e faculdades brasileiras e com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O investimento total tanto das instituições canadenses quanto das brasileiras será de R$ 12,9 milhões, equivalente a 6,74 milhões de dólares canadenses.

Por volta de 500 estudantes brasileiros poderão estudar no Canadá até o final do ano (Foto: divulgação)

De acordo com a Associação de Universidades e Faculdades do Canadá (AUCC, ou Association of Universities and Colleges of Canadá), representante de 95 entidades os acordos serão para diversas áreas como tecnologia, ciência, meio ambiente e engenharia. A oferta para cursos de área de ciências humanas será expandida posteriormente.

As ofertas de intercâmbio serão para diversas áreas do conhecimento (Foto: divulgação)

A visita da comitiva canadense teve como objetivo estreitar os laços educacionais e profissionais com o Brasil, e planeja atrair até o final de 2012, por volta de 500 estudantes brasileiros ao país. Segundo o presidente da AUCC, Paul Davidson o Canadá quer se tornar o principal destino dos estudantes brasileiros de ensino superior que querem ter uma experiência de estudo no exterior. O país pretende também criar, no futuro, vagas para que brasileiros possam trabalhar no setor industrial do Canadá.

As parcerias firmadas também integram o acordo fechado entre a presidente Dilma Rousseff e o governador-geral do Canadá, David Johnston para criar 12 mil bolsas de estudo para estudantes brasileiros no país, por meio do programa Ciência sem Fronteiras.

Top