Campus Party 2012 programação

  7 mil pessoas realizaram o pré-cadastro para o evento (Foto: Divulgação) Começa hoje, dia 6 de fevereiro, no Anhembi Parque, São Paulo, a…

Por Élida Santos em 06/02/2012

 

7 mil pessoas realizaram o pré-cadastro para o evento (Foto: Divulgação)

Começa hoje, dia 6 de fevereiro, no Anhembi Parque, São Paulo, a maior feira de tecnologia e internet do mundo, que chega a 2012 promovendo o que há de mais recente nas áreas da ciência, inovação, cultura e entretenimento digital, tomando conta do 76 mil m² do local onde o Campus Party Brasil está acontecendo. No total, cerca de 7 mil pessoas (500 a mais que em 2011) terão passaporte garantido para aproveitar cada instante das centenas de atividades previstas para esta edição. Isso sem falar da Zona Expo, que é um espaço totalmente gratuito e aberto ao público, onde você poderá interagir como em um verdadeiro parque de diversões digital.

Os portões foram abertos por volta das 10h desta segunda-feira, para que as pessoas que realizaram o pré-cadastro pudessem armar suas barracas no espaço reservado.Em segundos uma gigantesca fila se formou no pavilhão de exposição do Anhembi, São Paulo. Ao meio-dia a equipe organizadora do evento abriu os portões do local para as pessoas que não receberam a documentação necessária para adentrar o recinto, por meio dos Correios. A programação com as atividades tecnológicas começam oficialmente no dia 7 de fevereiro, terça-feira.

O local registrou aumento de público pré-inscritos, de 500 pessoas com relação a 2011 (Foto: Divulgação)

Com o recente fechamento do Megaupload, o tema pirataria na web está em alta, por isso mesmo os organizadores do encontro deixaram claro que não vão limitar o acesso dos participantes, que têm à disposição uma internet que opera na velocidade de 20 Gbps. Surgiram boatos que talvez, os usuários estivessem sujeitos a um filtro, que impossibilitaria baixar alguns arquivos específicos.

A má notícia para os “campuseiros” foi o cancelamento de uma das principais palestras dessa edição. A assessoria de imprensa da Campus Party revelou que o pesquisador John Klensin, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), acabou encontrando problemas para conseguir visto de entrada para o Brasil, e ficará de fora do evento.

Estão confirmadas as palestras de Vince Gerardis, que trabalhou na adaptação do romance “Game of Thrones” (de George R.R. Martin) para a TV e de Kul Wadhwa, diretor da Wikipédia e da Fundação Wikimedia, que falará sobre leis antipirataria.Também foram anunciados Leila Nachawat (blogueira híspano-síria, que falará sobre a Primavera Árabe), Olmo Galvéz (ativista do movimento Democracia Real Ya!) e Charles Lencher (participante dos protestos Occupy Wall Street).

Sebastián Alegría Klocker, de apenas 14 anos, será uma das atrações do evento (Foto: Divulgação)

O público também pode contar com a participação do físico Michio Kaku, criador da “teoria das cordas” e da “teoria de tudo”; Dave Haynes, que é vice-presidente de negócios da plataforma de música Soundcloud. Outra figura importante que dará o ar da graça no local é Nick Denton, presidente do site Gawker; além de Julien Fourgeaud, diretor de produtos da Rovio, desenvolvedora do game “Angry Birds”. Sebastián Alegría Klocker, o pequeno chileno de apenas 14 anos, que criou um sistema caseiro que avisa quando há riscos de terremotos, baseado em Arduino, disseminando a informação por meio do Twitter, será o mais jovem criador de alta tecnologia da feira. Para mais informações acesse o site da Campus Party Brasil. O evento termina no dia 12 de fevereiro.

Top