Bruno Senna correrá na Williams em 2012

O piloto brasileiro Bruno Senna ganhou a disputa e foi anunciado como o novo piloto da equipe Williams, para a temporada 2012 da Fórmula…

Bruno Senna já vestiu o uniforme da nova equipe

O piloto brasileiro Bruno Senna ganhou a disputa e foi anunciado como o novo piloto da equipe Williams, para a temporada 2012 da Fórmula 1, equipe pela qual seu tio, Ayrton Senna, fez as últimas corridas da carreira, no ano de 1994. Estavam na briga, com ele, o também brasileiro e veterano Rubens Barrichello, que era o atual detentor da vaga, e o alemão Adrian Sutil, que correu pela Force India em 2011.

As negociações entre Bruno e a equipe inglesa vinham se arrastando desde o mês de dezembro e de acordo com alguns especialistas em Fórmula 1, além do talento, pode ter pesado o lado financeiro na hora da Williams optar pelo brasileiro, já que a equipe não vive um bom momento em relação às finanças, pois perdeu o seu principal patrocinador.

Para correr ao lado do venezuelano Pastor Maldonado, o outro piloto da Williams, Bruno Senna está levando para a equipe britânica alguns patrocinadores brasileiros, entre os quais está uma das empresas comandadas pelo bilionário Eike Batista.

A estreia de Senna guiando o carro da Williams vai acontecer no dia 9 de fevereiro, data programada para os testes de inverno da escuderia no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha. A primeira corrida da temporada está marcada para o dia 18 de março, no circuito de Melbourne, na Austrália.

A carreira de Bruno Senna na F-1

Em 2011 ele esteve na Lotus Renault

O ano de 2012 será o terceiro de Bruno Senna na Fórmula 1. O piloto, de 28 anos, estreou na categoria em 2010, correndo pela pequena equipe Hispania. No ano seguinte, ele foi para a Lotus Renault como piloto reserva. A partir da 12ª corrida da temporada, ele assumiu o posto de titular, no lugar do alemão Nick Heidfeld.

Leia Também:  Brasil revela uniformes para o Pan de Guadalajara

Foram oito corridas disputadas, dois pontos conquistados e uma 9ª posição como o melhor resultado, obtido no GP da Itália. A melhor posição de largada foi o sétimo lugar, no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica. Somadas todas as participações de Bruno Senna na Fórmula 1, dá um total de 26 corridas. Ele também já correu por outras categorias, como a Fórmula 3 Britânica e a GP2, uma espécie de divisão de acesso para a F-1.

Influência na carreira de Rubens Barrichello

Com a perda da vaga na Williams, Rubinho pode se aposentar mais cedo

Se por um lado a notícia é boa, por outro, ela pode acelerar o processo de aposentadoria de Rubens Barrichello, que perdeu sua vaga no cockpit da Williams. O brasileiro, recordista no número de GPs disputados na categoria, em um total de 322 corridas, ao longo de 19 anos na F-1, terá de disputar a última vaga restante na temporada 2012 com outros pilotos. A vaga em questão é na equipe HRT e não possui um bom retrospecto.

Mas nem por isso Rubinho deixou de desejar sorte ao amigo e concorrente Bruno Senna. Em seu perfil no Twitter (@rubarrichello), o veterano piloto disse que deseja boa sorte a Bruno e afirmou que ainda não se decidiu sobre o futuro da carreira.

Top